Mídias Sociais

Destaque

Vídeo: Motoristas de aplicativo fazem cortejo e protesto após morte de condutor em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Motoristas de transporte por aplicativo se reuniram ao longo da Avenida Aloizio da Silva Gomes, no bairro Granja dos Cavaleiros, em Macaé, no fim da manhã desta quarta-feira (19), para uma carreata em protesto por mais segurança, após a morte do motorista Anderson Cruz Elias, de 41 anos. Ele foi assassinado com um tiro na cabeça, na noite desta terça-feira (18), após reagir a uma tentativa de assalto no bairro Parque Valentina Miranda.

Cerca de 400 carros fizeram o cortejo do corpo de Anderson, que saiu do Instituto Médico Legal (IML) de Macaé, em direção à Associação de Moradores do Parque Aeroporto, bairro onde ele morava. Em sinal de luto, os motoristas colocaram fitas pretas nas antenas de seus carros.

“Não iremos nos calar, esse crime não será normal em Macaé. É uma situação muito triste, pois o Anderson se encontrava na mesma situação que nós, desempregado e trabalhando como motorista de aplicativo. O que exigimos com esse protesto é que tenhamos segurança dos dois lados, tanto das empresas dos aplicativos, quanto das policias e Guarda Municipal, pois são vidas, tanto de motoristas, quanto de passageiros.  Muitos aqui possuem famílias e trabalham para sustentá-las. Além disso, precisamos de um respaldo  das empresas, que podem melhorar o repasse das informações, como o destino do passageiro, o que seria de grande valia e nos resguardaria para que não ocorram mais tragédias como essa”, pontuou uma motorista, representando a categoria.

O sepultamento de Anderson, que deixa dois filhos, ocorrerá às 16h, no cemitério Memorial Mirante da Igualdade, no bairro Virgem Santa. Assista ao vídeo do cortejo:

Mais lidas do mês