Mídias Sociais

Polícia

Valores de multas de trânsito ficarão mais caros a partir de novembro

Avatar

Publicado

em

 

A partir desta terça-feira, dia 1º de novembro, as infrações de trânsito cometidas terão penalidades mais pesadas. O aumento das multas, anunciado em maio último, será de até 66%, e os valores irão de R$ 88 (infração leve) a R$ 293,47 (gravíssima).

Dentre as infrações, algumas infrações serão agravadas, tais como usar o celular ao volante e estacionar em vagas reservadas para deficientes e idosos, dirigir sem carteira de habilitação, disputar racha, forçar a ultrapassagem em estradas e recusar fazer o teste do bafômetro. Essas infrações passarão de grau médio para gravíssimo com um aumento de 53% (de R$ 191,54 para R$ 293,47)

O reajuste ficou defasado por 16 anos, quando o antigo indexador do valor das multas (Ufir) foi extinto. Em 2002, uma resolução fixou o valor atual em reais. Desde então, não houve correção. As elevações que ocorreram foram para certas infrações consideradas mais perigosas e por meio de um fator multiplicador.

Este aumento foi anunciado no mês de maio deste ano, com prazo de 180 dias para começar a valer. O Conselho Nacional de Trânsito ainda poderá corrigir os valores das multas anualmente, com reajuste máximo dado pela inflação (IPCA) do ano anterior.

De acordo com a Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana de Rio das Ostras, no período  de janeiro a outubro deste ano, foram aplicadas mais de quatro mil multas, dais quais  5% foram destinadas a motoristas que estavam dirigindo falando ao celular.

 

Mais lidas da semana