Mídias Sociais

Destaque

TRE flagra grupo distribuindo na rodoviária de Macaé  jornal irregular apreendido no Sindipetro

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Macaé estiveram na tarde desta sexta-feira (26), na rodoviária do município para advertir um grupo de pessoas que foram flagradas no local distribuindo material de campanha ilegal. A ação ocorreu por determinação do Juiz Eleitoral de Macaé, Sandro Lontra, após recebimento e apuração de denúncias de propaganda irregular.

As informações, com fotos comprovando o ato, mostram que a distribuição do material teria ocorrido em outros pontos, como no Terminal Central. Em alguns casos, exemplares de um jornal foram deixados dentro dos ônibus da SIT, responsável pelo transporte público na cidade.  Segundo o TRE, o material levantava dúvidas sobre possíveis "fake news" contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro e favorecia o seu oponente na disputa presidencial, o candidato do PT, Fernando Haddad.

Ainda de acordo com dos fiscais do TRE, a distribuição de qualquer material dessa natureza é proibida, podendo os exemplares ser armazenados em locais de uso comum.  Os exemplares chegaram a ser apreendidos pelo TRE. O material em questão era o jornal Brasil de Fato, uma nova edição do mesmo tabloide que foi apreendido no último final de semana, na sede do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), em Macaé.

No último sábado o Sindipetro-NF, foi alvo de uma operação do TRE que apreendeu 30 mil exemplares de um jornal que fazia campanha para o candidato petista Fernando Haddad.

Segundo dos fiscais, o material levantava dúvidas sobre possíveis fake news contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro e favorecia o candidato do PT, Fernando Haddad.


 

Mais lidas do mês