Mídias Sociais

Destaque

Transexual é apedrejada até a morte em Unamar, em Cabo Frio

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira (22). Nikolly Silva foi encontrada sem vida em uma travessa que fica nos fundos da Escola Municipal Maria Quitéria.

Uma transexual apedrejada até a morte na madrugada desta sexta-feira (22), em Unamar, bairro de Tamoios, 2º distrito de Cabo Frio. O corpo da vítima, conhecida como Nikolly Silva, foi encontrado em uma travessa que fica nos fundos da Escola Municipal Maria Quitéria.

Ainda não há pistas sobre a motivação do crime e quanto ao paradeiro dos autores do assassinato. A Polícia Militar (PM) efetuou o cerco na região e realiza diligências a fim de identificar e localizar possíveis autores do crime.

A 126ª Delegacia Policial de Cabo (126ª DP) investiga o crime e deve solicitar imagens das câmeras de monitoramento de locais próximos de onde ocorreu homicídio.  O Grupo Iguais, Ong LGBT de Cabo Frio, também está acompanhando o caso. O corpo de Nikolly foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araruama.

Número da violência contra homossexuais cresce

Vítimas de preconceito e de ódio por sua orientação sexual, muitos homossexuais têm sofrido violência física. Em 2017, 445 lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBTs) foram mortos em crimes motivados por homofobia. O número representa uma vítima a cada 19 horas.

O dado está em levantamento realizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), que registrou o maior número de casos de morte relacionados à homofobia desde que o monitoramento anual começou a ser elaborado pela entidade, há 38 anos.

Os dados de 2017 representam um aumento de 30% em relação a 2016, quando foram registrados 343 casos. Em 2015 foram 319 LGBTs assassinados, contra 320 em 2014 e 314 em 2013. O saldo de crimes violentos contra essa população em 2017 é três vezes maior do que o observado há 10 anos, quando foram identificados 142 casos.

Nikolly foi brutalmente assassinada e seu corpo deixado em uma travessa.

 


 

Mais lidas do mês