Mídias Sociais

Destaque

Sobe para três o número de baleados durante tiroteio na orla do Cavaleiros, em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Um homem foi executado e dois jovens, que foram atingidos por balas perdidas, continuam internados no Hospital Público Municipal (HPM).

Subiu para três o número de pessoas baleadas durante um tiroteio ocorrido na tarde desta quarta-feira (3), na orla da Praia dos Cavaleiros, em Macaé.  Uma das vítimas foi Alexandre Miller de Oliveira, de 34 anos. Ele foi atingido no peito e na região do tórax quando andava no calçadão e morreu a caminho do hospital.

De acordo com a Polícia Civil, ele possuía duas anotações criminais por tráfico de drogas. O crime ocorreu próximo ao posto de salva-vidas do Corpo de Bombeiros, há cerca de 400 metros de uma cabine da Polícia Militar (PM).

Segundo a PM, a suspeita é de que o crime tenha sido uma execução contra Alexandre.  Outra vítima, identificada como Caio Fidélis de Souza, de 20 anos, estava passando pelo local foi atingida na perna. Ele foi socorrido para o Hospital Público Municipal (HPM), onde se encontra internado em estado estável.

Na mesma unidade hospitalar, também está internado Gabriel Gama Batista, de 21 anos, que também foi baleado durante o ataque. O nome dele não estava na lista dos baleados, pois, segundo a Polícia Civil, ele foi socorrido rapidamente por meios próprios.  O estado de saúde de Gabriel não foi divulgado.

Segundo a Polícia Civil, muitos banhistas e pedestres estavam no local, quando dois homens armados, que saíram de um carro cinza, e atiraram. A PM reforçou o patrulhamento no local.  Segundo o comandante do 32º BPM, Rodrigo Ibiapina, os executores são oriundos da Favela da Linha, onde a PM realizou uma incursão na noite de ontem, mas ninguém foi preso.

A ocorrência foi registrada na 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), que investiga o caso. Ainda de acordo com a Polícia Civil, Alexandre, a vítima fatal, possuía duas anotações criminais por tráfico de drogas.


 

Mais lidas do mês