Mídias Sociais

Destaque

Sargento do 25º BPM de Cabo Frio é expulso da corporação após fazer segurança de miliciano na capital

Publicado

em

 

O sargento da Polícia Militar Leandro Lucas dos Santos foi expulso da corporação. Ele era lotado no 25º Batalhão da PM (25º BPM), em Cabo Frio, e foi preso em outubro de 2018 por trabalhar como segurança de Marcos Antônio Figueiredo Martins, conhecido como “Marquinho Catiri”, apontado foi chefiar uma milícia que age nas zonas Norte e Oeste do Rio. A informação foi divulgada pela PM e o ex-sargento foi desligado em abril deste ano.

 

Quando foi preso, Leandro Lucas fazia parte do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). Na operação que resultou na prisão do ex-PM, agentes da Polícia Civil encontraram, dentro do carro do miliciano, uma pistola que pertencia ao então sargento. Além de Leandro, o subtenente da reserva Pedro Paulo dos Santos e o cabo Bruno Tvardovski também foram presos na mesma ocorrência. Eles estavam trabalhando como segurança do miliciano quando foram detidos.

 

Pedro Paulo também foi expulso da corporação, enquanto Bruno foi morto a tiros em fevereiro de 2021, no bairro de Rocha Miranda, na capital. O caso foi investigado como latrocínio, quando há roubo seguido de morte.

Mais lidas da semana