Mídias Sociais

Destaque

Quadrilha de foragidos de Macaé é presa com arma e drogas em Conceição de Macabu

Avatar

Publicado

em

 

Os quatro presos são apontados como “soldados” do tráfico e possuem várias anotações criminais; Um estava com mandado de prisão em aberto.

Bertha Muniz

Quatro integrantes de uma quadrilha de Macaé foram presos na madrugada de ontem (17) em Conceição de Macabu. A ação foi deflagrada pelo Grupamento de Ações Táticas (GAT) da 2ª Companhia da Polícia Militar, após o repasse de informações dando conta de que traficantes de Macaé ligados a uma facção criminosa estariam armados e escondidos em uma casa no bairro Vila São José, após saírem da comunidade Vila Nova, onde uma mulher conhecida como "Tia" foi presa dias antes também por tráfico.

Wanderson Luiz Dias da Silva, 25 anos, Alan Rodrigo Bragança, 36 anos, e Juan Felipe dos Santos de Oliveira, 22 anos, foram encontrados em uma residência na Travessa José Ferreira de Oliveira. Segundo a PM, Wanderson tentou fugir ao avistar as viaturas do GAT, mas foi capturado.

Dentro do imóvel os agentes arrecadaram embaixo da pia da cozinha 65 buchas de maconha e 190 pinos de cocaína, além de vasto material de endolação. No alto da parede da cozinha, próximo ao telhado, foi encontrado um revólver 38 com 4 munições no tambor sendo uma deflagrada e mais uma meia contendo 25 munições de calibre 9mm intactas.

O trio ainda entregou o quarto integrante da quadrilha, Welton Ribeiro de Oliveira, 36 anos, que guardava em um terreno vizinho a sua residência, uma bolsa de viagem contendo mais 43 buchas de maconha, um tablete da mesma droga e mais 90 pinos de cocaína. Os quatro presos são apontados como “soldados” do tráfico em Macaé e possuem várias anotações criminais. Ainda de acordo com a polícia, Juan Felipe estava com um mandado de prisão em aberto pela prática de tráfico de drogas, no bairro Parque Aeroporto, expedido pela 2ª Vara Criminal de Macaé.

Os suspeitos foram levados para a 122ª Delegacia Policial de Conceição de Macabu (122ª DP), onde foram autuados por tráfico de entorpecentes e ficaram detidos aguardando transferência para presídios de segurança máxima na capital.

 

 

 

Mais lidas do mês