Mídias Sociais

Polícia

Polícias Federal e Militar dão prejuízo de R$ 2 milhões ao tráfico em Macaé

Publicado

em

 

Ação apreendeu 38.520 papelotes de cocaína e 7.164 trouxinhas de maconha, $ 6.900 em espécie, três pistolas 9 mm, uma pistola Glock .40 e várias munições.

Uma grande apreensão de drogas, além R$ 6.900 em espécie, três pistolas 9 mm, uma pistola Glock .40 e várias munições, culminou em um prejuízo de mais de R$ 2 milhões ao tráfico de drogas em Macaé, nesta terça-feira (19).

A ação foi deflagrada pela Polícia Federal (PF), em conjunto com o Grupamento de Ações Táticas (GAT I e II) e o Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar, após o recebimento de informações privilegiadas por parte da PF.

Entre as drogas, foram apreendidos 38.520 papelotes de cocaína e 7.164 trouxinhas de maconha.  Segundo o delegado titular da Polícia Federal, Felício Laterça, um tipo de cocaína importada impressionou as equipes. “Essa droga ainda não havia sido vista na cidade. É um material que eles vendem por três vezes o valor normal da droga”, informou o delegado.

Um homem foi preso durante a operação. Ele é apontado pela PM como uma espécie de “braço” do tráfico, pessoa responsável por armazenar drogas, armas e munições para facções criminosas. A maior parte da droga, além do dinheiro e as munições, foram apreendidos na casa dele, no bairro Campo do Oeste.

Outra parte do material entorpecente e as armas foram arrecadados durante a operação em um veículo abandonado em uma rua do bairro Botafogo. Segundo a Polícia Federal, a suspeita de que todo o material arrecadado na operação pertença a uma mesma quadrilha.

O suspeito ficou preso em flagrante da sede da Polícia Federal em Macaé e deverá ser transferido amanhã (20) para o presídio Dalton Crespo de Castro, em Campos dos Goytacazes.

Autor: Bertha Muniz

Foto: Bertha Muniz

Mais lidas da semana