Mídias Sociais

Destaque

Polícia Civil divulga editais para concursos com 350 vagas para todos os níveis; confira:

Publicado

em

 

A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro publicou nesta quinta-feira (23) mais seis editais do concurso PC RJ 2021. A oferta é de 350 vagas para todos os níveis de escolaridade. Os salários iniciais chegam a R$9 mil.

Confira a distribuição das vagas por cargo e nível de escolaridade:

Auxiliar de necropsia – 10 vagas (nível fundamental; R$4.606,29);

Técnico de necropsia – 10 vagas (nível médio; R$5.165,75);

Investigador – 200 vagas (nível médio; R$5.840,37);

Inspetor – 100 vagas (nível superior em qualquer área; R$6.380,29);

Perito criminal – 5 vagas (nível superior em Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Química; R$9.924,06);

Perito legista – 25 vagas (nível superior em Medicina; R$9.924,06).

Há reserva para pessoas com deficiência, negros, índios e candidatos com hipossuficiência econômica.

Apenas as carreiras de investigador e inspetor também exigem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B, no mínimo. A comprovação da idade (18 anos completos, pelo menos) e da CNH ocorrerá na data de matrícula do curso de formação.

Isso porque, durante o curso, o candidato manuseará armas de fogo e poderá receber instruções que, por sua natureza, demandem a condução de viatura policial. Os demais requisitos (como a comprovação do nível de escolaridade) deverão ser feitos na posse.

O quantitativo de vagas está fixado no Decreto 47.585, de abril de 2021. Porém, no decorrer do prazo de validade, mais postos poderão ficar aptos a preenchimento, mediante aposentadorias, mortes, exonerações e outros desligamentos em geral. O regime de trabalho será de 40 horas por semana.

Inscrições até 26 de outubro

As inscrições para todos os cargos ficarão abertas do dia 27 de setembro a 26 de outubro, pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV) , banca organizadora da seleção.

O primeiro passo será preencher o formulário com todos os dados solicitados. Em seguida, gerar o boleto e pagar a taxa de:

Auxiliar de Necropsia – R$70;

Técnico de Necropsia – R$100;

Investigador Policial – R$100;

Inspetor de Polícia – R$150.

Perito Legista – R$200;

Perito Criminal – R$200.

O pagamento poderá ser efetuado até as 16h de 27 de outubro. Poderão solicitar a isenção da taxa: membros de famílias de baixa renda, inscritos no programa CadÚnico; doadores regulares de sangue.

Para isso será necessário completar requerimento específico de 27 a 29 de setembro, pelo portal da FGV, além de enviar a documentação comprobatória das condições.

Será possível se inscrever para mais de um cargo, desde que a data das provas objetivas não coincida. Para isso, o participante deve apresentar os requisitos necessários para cada carreira.

Candidatos passarão por diferentes etapas

O concurso Polícia Civil RJ será dividido em duas fases. A primeira será composta de provas objetivas de conhecimentos, prova de capacidade física, exame psicotécnico e exame médico.

Para todas as carreiras, a segunda etapa do concurso será o curso de formação profissional, realizado na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), além de prova de investigação social.

Prova objetiva

Os candidatos deverão responder a questões de múltipla escolha sobre Conhecimentos Básicos e específicos.  As datas das provas objetivas são:

Perito criminal: 5 de dezembro de 2021;

Perito legista: 5 de dezembro de 2021;

Auxiliar de necropsia: 23 de janeiro de 2022;

Inspetor: 30 de janeiro de 2022;

Técnico de necropsia: 6 de fevereiro de 2022;

Investigador: 13 de fevereiro de 2022.

Os editais preveem que as avaliações ocorram no município do Rio de Janeiro, podendo ser realizadas também na Região Metropolitana, de acordo com a disponibilidade e capacidade dos locais. Em função da pandemia da Covid-19, será obrigatório o uso de máscara de proteção facial.

Confira os detalhes das provas de cada cargo a seguir:

Auxiliar de necropsia

Para auxiliar de necropsia, as provas objetivas terão 60 questões, das quais 30 sobre Conhecimentos Gerais (20 de Língua Portuguesa e 10 de Matemática) e 30 de Conhecimentos Específicos (Noções Básicas de Biologia e Anatomia Humanas, Noções de Prova no Processo Penal e Noções de Direito Administrativo).

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 100 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Técnico de necropsia

As provas objetivas serão compostas por 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa) e 40 de Conhecimentos Específicos (Anatomia e Fisiologia Humanas, Noções de Prova no Processo Penal e Noções de Direito Administrativo).

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 100 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Investigador

Os exames objetivos terão 100 questões, das quais 30 de Língua Portuguesa, 60 de Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional) e 10 de Conhecimentos Básicos de Informática.

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 1.000 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Inspetor

A prova para inspetor será composta por 100 questões de múltipla escolha, sendo 30 de Língua Portuguesa, 60 de Conhecimentos Específicos (Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Leis Especiais, Direito Processual Penal) e 10 de Conhecimentos Básicos de Informática.

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 500 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Perito criminal

Para perito criminal, as provas terão 100 questões de múltipla escolha. Ao todo, serão 30 de Língua Portuguesa, 50 de Conhecimentos Específicos (observado o conteúdo programático de cada especialidade – Anexo I do edital) e 20 de Noções de Direito.

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 200 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Perito legista

Por fim, as provas objetivas para perito legista apresentarão 100 questões, sendo 30 de Língua Portuguesa, 50 de Conhecimentos Específicos de Medicina e 20 de Noções de Direito.

Será aprovado quem obtiver o mínimo de 50% de pontos em cada um dos módulos. Serão convocados para a prova de capacidade física os 300 candidatos com as melhores pontuações na objetiva.

Prova de capacidade física

Na prova de capacidade física, serão cobrados os exercícios de:

Flexão de cúbitos (braços);

Flexão abdominal;

Corrida de velocidade;

Corrida de resistência.

A metragem e o tempo serão diferentes para homens e mulheres, conforme os editais. Ainda não há data definida para essa etapa, que será realizada apenas no município do Rio de Janeiro.

Exame Psicotécnico

O Exame Psicotécnico consiste em um processo sistemático, de levantamento e síntese de informações, com base em procedimentos científicos que permitem identificar aspectos psicológicos do candidato compatíveis com o desempenho das atividades e profissiografia do cargo.

Nessa etapa será feita uma análise objetiva e padronizada de características cognitivas, emocionais, de personalidade e motivacionais do candidato, podendo ser aplicado coletivamente.

Para tanto, poderão ser utilizados testes, questionários ou inventários aprovados pelo Conselho Federal de Psicologia e realizados por psicólogos registrados no Conselho Regional de Psicologia. Essa etapa ocorrerá apenas no município do Rio de Janeiro.

Desta análise resultará o parecer dos seguintes resultados:

 

APTO – candidato apresentou, no momento atual de sua vida, perfil psicológico compatível com o perfil do cargo pretendido;

INAPTO – candidato não apresentou, no momento atual de sua vida, perfil psicológico compatível com o perfil do cargo pretendido;

EXCLUÍDO – candidato não compareceu ao Exame Psicotécnico.

Exame médico

O Exame Médico busca aferir a saúde e a capacidade dos candidatos para suportar física e organicamente as exigências do Curso de Formação Profissional (CFP) e das atribuições do cargo.

Os concorrentes deverão providenciar, às suas despesas, os exames e atestados datados há no máximo 90 dias para realização da etapa:

 

Hemograma completo + VHS;

Glicose, ureia e creatinina;

VDRL;

Urina – EAS;

Eletroencefalograma com laudo;

Eletrocardiograma com laudo para candidatos acima dos 40 anos;

Exame oftalmológico completo;

Esquema vacinal antitetânico atualizado;

Raio X de tórax PA e perfil, com laudo;

Atestado médico (original) de que o candidato está apto a exercer as atividades do cargo.

Curso de formação

O curso de formação profissional é realizado na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol), no Centro do Rio de Janeiro. Ele é compreendido como uma etapa do concurso, de caráter eliminatório.

Portanto, é possível que um candidato seja eliminado durante o curso, que dura de três a seis meses. Ao todo, serão ministradas 840 horas/aula entre disciplinas teóricas e práticas.

Enquanto durar o curso de formação profissional, o candidato receberá bolsa-auxílio correspondente a 80% do valor do vencimento da classe inicial do cargo, sem incidência de descontos previdenciários.

A diretora da Acadepol informou que a previsão é que os classificados para algumas carreiras já iniciem o curso de formação profissional em 2022.

“A gente acredita que ano que vem, algumas carreiras estejam em formação na Academia de Polícia Civil”, disse.

Os aprovados no curso de formação serão convocados para posse. O prazo de validade do concurso será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

PC RJ ainda realiza concurso com 50 vagas de delegado

A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro também realiza novo concurso para delegados. O edital para essa carreira foi publicado no último dia 13 de setembro.

A oferta é de 50 vagas imediatas mais cadastro de reserva para delegado, que tem como exigência o ensino superior completo em Direito. As remunerações iniciais são de R$18.747,95.

As inscrições já estão abertas. Os interessados poderão se candidatar até 11 de outubro, pelo site do Cebraspe , organizador do concurso. A taxa é de R$250.

O concurso PC RJ para delegado terá as seguintes etapas: Prova objetiva preliminar; Prova discursiva específica; Prova oral; Exame Psicotécnico; Prova de Capacidade Física e Exame Médico.

A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, está prevista para o dia 12 de dezembro. A aplicação será realizada no município do Rio de Janeiro.

No decorrer de cinco horas, os candidatos deverão responder a 100 questões, distribuídas entre as disciplinas de:

Direito Penal – 20 questões;

Direito Processual Penal – 20 questões;

Direito Administrativo – 20 questões;

Direito Constitucional – 20 questões;

Direito Civil – 10 questões;

Medicina Legal – 10 questões.

Mais lidas da semana