Mídias Sociais

Destaque

PM reforça segurança em comunidades macaenses após confronto que deixou um adolescente morto e um militar baleado

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Militares se concentram na Malvinas e Nova Holanda, visando manter a ordem pública e segurança de moradores da localidade.

O comando do 32° Batalhão de Polícia Militar (32° BPM) informou, nesta quinta-feira (27), que reforçou, por tempo indeterminado, o patrulhamento nas comunidades Malvinas e Nova Holanda, em Macaé, visando manter a ordem pública e segurança de moradores da localidade.

A medida ocorre um dia após um intenso tiroteio entre militares e traficantes, na noite desta quarta-feira (26), que provocou a morte de um adolescente e deixou um PM baleado. De acordo com PM, o confronto ocorreu quando militares que realizavam um patrulhamento na Rua Antônio Bichara Filho, avistaram uma motocicleta com dois ocupantes em atitude suspeita.

Os policiais tentaram realizar abordagem, no momento em que os indivíduos efetuaram disparos de arma de fogo contra os agentes. Houve confronto. Um dos tiros atingiu um policial, que foi socorrido ao Hospital Público Municipal (HPM). O estado de saúde do agente é considerado estável.

O adolescente, identificado como I.G.S., de 17 anos, também foi socorrido para o HPM, mas morreu antes de dar entrada na emergência na unidade de saúde. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé. Segundo a Polícia Civil, o menor não possuía antecedentes criminais.

Mais lidas da semana