Mídias Sociais

Destaque

PM prende dois suspeitos de participarem de assalto a ônibus da 1001 em Araruama

Bertha Muniz

Publicado

em

Crime ocorreu na manhã de ontem (5). Um policial militar à paisana reagiu e matou um dos criminosos.

 Dois homens foram presos na noite desta segunda-feira (5), suspeitos de participarem de um assalto a um ônibus da 1001, em Araruama, na Região dos Lagos. O crime ocorreu na manhã do mesmo dia.

Na ocasião, um policial militar à paisana reagiu e matou um dos criminosos. O outro bandido foi baleado e socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde encontra-se internado.

Os suspeitos foram abordados na Ponte dos Leites. Ao serem indagados sobre o assalto, eles chegaram a dizer que foram sequestrados e obrigados a interceptarem o ônibus, mas, segundo a PM, caíram em contradição.

Os militares fizeram uma acareação dos detidos com o suspeito que está internado na UPA, identificado como Anderson dos Santos Rodrigues, de 25 anos. Ele confirmou aos policiais que os dois suspeitos participaram ativamente do crime. A dupla foi levada para a 118ª Delegacia Policial de Araruama (118ª DP), onde foram autuados e ficaram presos para serem transferido ao sistema prisional.

O crime

Segundo o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv), três bandidos em um carro interceptaram o ônibus, que seguia de Araruama para Niterói, obrigando o motorista a parar. O assalto foi anunciado na altura do bairro Engenho Grande. Ao notar a ação dos assaltantes, o policial, que é lotado no Batalhão Especial Prisional (BEP), efetuou disparos contra eles.

Houve confronto e os bandidos conseguiram descer, mas o PM continuou atirando, atingindo dois deles. Um dos assaltantes, identificado Pedro Santos, de 18 anos, morreu no local. O outro suspeito, identificado como Anderson Rodrigues, de 25 anos,  foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araruama. Os outros assaltantes conseguiram fugir.  Os passageiros e o motorista do ônibus não se feriram. Na ação, foram arrecadadas duas pistolas e quatro notas de R$ 50.

Mais lidas do mês