Mídias Sociais

Destaque

PM ocupa comunidades após confrontos entre traficantes e três homicídios no fim de semana em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Agentes da PM ocuparam a Favela da Linha e o bairro Novo Horizonte, após intensa troca de tiros na tarde de último domingo (10).

A Polícia Militar ocupou algumas comunidades e bairros de Macaé para combater a criminalidade no município, após um fim de semana violento. Em 72 horas, três pessoas foram mortas na Capital do Petróleo. Segundo o comando da PM, um cerco foi montado na cidade na tarde de último domingo (10), após confronto entre traficantes rivais e a PM.
A operação teve início na comunidade da Favela da Linha, no bairro Cajueiros, após traficantes trocarem tiros com a polícia, por volta de meio dia. Durante o confronto uma pessoa foi baleada, sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Público de Macaé.

O estado de saúde da vítima ainda não foi divulgado.Minutos depois, um jovem de 19 anos foi executado a tiros na Rua E 17, no bairro Novo Horizonte. A vítima foi identificada como Carlos Vinícius Silva Souza.

Ele foi morto com três tiros no rosto e na cabeça, por dois criminosos em uma motocicleta que passaram no local efetuando vários disparos contra o rapaz. A PM foi acionada e de imediato foi realizada uma ação no local para fechar o cerco contra os criminosos. Ruas, becos e vielas foram revistados com finalidade de encontrar bandidos e boca de fumo. O corpo de Carlos Vinícius foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Macaé (IML).

Já no último sábado (9), por volta das 19h, um jovem de 21 anos, foi morto a tiros, na Rua Getúlio Vargas, no bairro Miramar. Segundo informações da polícia, Uanderson Anchieta, foi executado com dois tiros em frente ao Clube Flamenguinho, quando dois homens passaram em uma moto e efetuaram vários disparos.
O corpo de Uanderson foi encaminhado para o IML de Macaé. Até o momento ninguém foi preso.


 

Mais lidas do mês