Mídias Sociais

Polícia

PM divulga balanço de apreensões, prisões e mortes após dia de confrontos em Macaé

Publicado

em

 

Armas, munições, radiotransmissores, equipamentos, celulares e uma faca rambo foram arrecadados no Lagomar.

O 32º Batalhão de Polícia Militar (32º BPM) divulgou o balanço das apreensões, mortes e prisões ocorridas ontem (9) após o confronto com integrantes de uma facção criminosa, na restinga do Lagomar, em Macaé.

Três suspeitos foram baleados e levados para o Hospital Público Municipal (HPM), na Virgem Santa. Dois já receberam alta médica e foram conduzidos para a 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), onde estão presos, aguardando transferência para presídios de segurança máxima na capital.

O terceiro baleado, foi atingido durante o segundo confronto entre a PM e integrantes do crime organizados, ocorrido na tarde de ontem (9), na Favela da Linha, no Cajueiros, em Macaé. Ele levou um tiro no crânio, foi operado pelo prefeito de Macaé, Dr Aluizio e está em estado grave. Duas pessoas foram baleadas sem relação com os confrontos. As vítimas passam bem.

Entre os mortos, o cabo do Grupamento de Ações Táticas (GAT) da Polícia Militar, José Renê Araújo Barros, que estava na restinga do Lagomar à procura de traficantes. O policial levou dois tiros na cabeça e faleceu dentro da ambulância do Corpo de Bombeiros enquanto estava sendo socorrido. Natural de Itaperuna, o cabo Renê era lotado no 32º BPM (Macaé), tinha 35 anos, oito anos na Corporação e deixa esposa e três filhos.

A segunda morte foi de um homem apontado como gerente do tráfico de drogas no bairro Novo Horizonte. Welinton Luis Vieira, conhecido como Canelão, foi morto no fim da noite de ontem pela PM. Com ele foi arrecadada uma pistola calibre 9 mm.

No Lagomar, foram apreendidos pela PM, um fuzil 5,56 com cinco carregadores, uma pistola com um carregador, 165 munições de calibre 5,56, 307 munições de calibre 9mm, nove rádios transmissores, quatro  baterias de rádio transmissor , cinco carregadores de rádio transmissor, uma capa de colete, um coturno, uma calça tática preta, um coldre, uma faca rambo e cinco celulares.

Autor: Bertha Muniz

Créditos: Divulgação/PM

 

 

Mais lidas da semana