Mídias Sociais

Destaque

PM apreende segundo autor da morte de pecuarista durante assalto em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Adolescente foi encontrado na localidade da Matinha, em Córrego do Ouro, na Região Serrana de Macaé, após denúncias. Dupla será apresentada ao Ministério Público.

A Polícia Militar (PM) realizou a apreensão de um mais suspeito de envolvimento na morte do empresário e pecuarista macaense, Carlos Eduardo de Souza Santos, de 55 anos. O segundo adolescente foi detido na manhã de sábado (05) na localidade da Matinha, em Córrego do Ouro, na Região Serrana de Macaé,  após denúncia anônima.

O primeiro suspeito foi capturado na noite da última sexta-feira (4), também após denúncias de que os autores do crime estavam se preparando para fugirem de Macaé. O adolescente foi identificado como R.M.C., tentava fugir, mas foi pego em um coletivo na Estrada do Imburo. Os dois ficaram acautelados na 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), por ato infracional e serão apresentados ao Ministério Público.

Carlos Eduardo, mais conhecido como Cadu, um dos proprietários do posto de combustível situado às margens da Rodovia Amaral Peixoto no bairro Lagomar, em Macaé, foi morto por bandidos na madrugada de quinta-feira (4). De acordo com a PM, a vítima sofreu um assalto no Trevo dos 40 (BR-101), na altura de Macaé.

O pecuarista dirigia uma caminhonete quando foi abordado por criminosos. O carro foi encontrado na manhã de sexta-feira (5) às margens da BR 101. Após buscas, o corpo do pecuarista foi localizado a uma distância de 18 quilômetros do local do crime. Cadu era muito conhecido na cidade por ser um grande incentivador da pecuária de qualidade no estado do Rio de Janeiro.

Mais lidas da semana