Mídias Sociais

Destaque

Petroleiros realizam “trancaço” da sede do Edinc, em Macaé nesta manhã

Avatar

Publicado

em

 

O ato marca entrega a pauta de reivindicações da categoria à Petrobras no Rio, que acontece hoje (18). Manifestantes bloquearam os acessos à sede, impedindo a entrada de cerca de mil trabalhadores

Bertha Muniz
Integrantes do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF) realizaram um “trancaço” nesta manhã na sede da Petrobras, no Edifício Edinc, localizado na Granja dos Cavaleiros, em Macaé. Liderados pelo coordenador do Sindipetro-NF, Tazeu Bezerra, eles bloquearam os acessos à sede, impedindo a entrada de cerca de mil trabalhadores. Às 9h, os portões foram liberados.
O ato marca entrega a pauta de reivindicações da categoria à Petrobras no Rio, prevista para hoje (18). Em resposta à solicitação feita pela FUP na última segunda-feira (14) a Petrobrás concordou em agendar para esta sexta-feira, uma reunião para que as representações sindicais entreguem a Pauta de Reivindicações aprovada no XVII Confup. A plenária final do Congresso, realizada no dia 6 de agosto, em Salvador, deliberou que a campanha reivindicatória dos trabalhadores do Sistema Petrobrás será pela manutenção do atual Acordo Coletivo de Trabalho e reajuste salarial. Os petroleiros cobram reposição integral da inflação pelo ICV/Dieese e ganho real.
O maior desafio da categoria continua sendo barrar a privatização do Sistema Petrobrás. Por isso, o XVII Confup também aprovou a Pauta pelo Brasil, que servirá de base na construção de propostas para que a Petrobrás volte a ser uma empresa integrada de energia e indutora do desenvolvimento nacional.
Ambas as pautas estão sendo debatidas pelos Sindicatos com os trabalhadores nas bases, através de assembleias e setoriais para mobilizar a categoria na luta contra a privatização da empresa.

Mais lidas da semana