Mídias Sociais

Destaque

Padrasto que estuprou enteada durante dois anos é preso pela Polícia Civil em São Pedro da Aldeia

Bertha Muniz

Publicado

em

 

A Polícia Civil de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, capturou, nesta terça-feira (09), um homem, de 33 anos, em cumprimento a mandado de prisão temporária, expedido pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca do município, pelo crime de estupro de vulnerável.

Os agentes também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do homem, onde foi apreendido um aparelho celular, que será analisado pela perícia.

As investigações revelaram que a criança, atualmente com 10 anos de idade, teria sido vítima de abusos sexuais perpetrados pelo padrasto, entre os anos de 2016 e 2017, quando eles residiam juntos com a mãe da vítima, no município de São Pedro da Aldeia. Os abusos consistiam na prática de sexo vaginal, oral e anal.

O laudo pericial apontou que a criança não é mais virgem. As investigações apontam ainda que o investigado trocava mensagens com a criança, solicitando que ela lhe enviasse fotos e vídeos íntimos; a assediava para a prática de novos atos libidinosos e também enviava para ela fotos e vídeos dele com conteúdo sexual. As investigações continuam para apurar eventual omissão da mãe da vítima.

Mais lidas do mês