Mídias Sociais

Polícia

Mulher encontrada morta em Rio das Ostras pode ter sido vítima de feminicídio

Avatar

Publicado

em

 

Laurinda Silva de Souza, de 32 anos, foi encontrada morta dentro de um Fiat Palio, com vários hematomas, e o rosto completamente desfigurado.

Bertha Muniz

A morte de Laurinda Silva de Souza, de 32 anos, que foi encontrada morta na madrugada da última sexta-feira (20), em Rio das Ostras, está sendo investigada pela Polícia Civil.  Laurinda pode ter sido mais uma vítima de feminicídio na região, já que amigos dela apontam o namorado dela como o principal suspeito de ter cometido o crime.

Testemunhas relataram à polícia, que o casal teria discutido na noite que antecedeu a morte de Laurinda e que ela teria gritado por socorro. O corpo dela foi encontrado dentro de um Fiat Palio azul marinho, por volta das 05h30, na Estrada do Contorno, com vários hematomas, e o rosto completamente desfigurado. Desde então, o namorado de Laurinda não foi mais encontrado. A Polícia Civil está atrás do companheiro da vítima e informou que ele teria a matado por ciúmes de um suposto amante.

Laurinda, também conhecida como “Tita”, morava no Âncora, em Rio das Ostras.  Ela vendia açaí e deixou dois filhos, uma menina de cinco anos e um menino de 13. A vítima foi sepultada no Cemitério Municipal de Natividade, sua cidade natal.

 

 

 

Mais lidas da semana