Mídias Sociais

Cidadania

Menino de São Fidélis que montou lira com restos de materiais ganha instrumento da PM em Campos

Bertha Muniz

Publicado

em

 

A manhã ensolarada desta terça-feira (28) vai ficar marcada para sempre na vida do estudante Lázaro da Silva Pereira, de 12 anos. Morador do Recanto da Penha, em São Fidélis, no Norte Fluminense, o menino viajou 53 quilômetros para receber na cidade vizinha de Campos dos Goytacazes um presente, para ele, de valor inestimável: uma lira de tecla de metais.

Doado pelo Sargento Ijhones Machado Cordeiro, professor da Banda de Música do 8º BPM (Campos dos Goytacazes), o instrumento musical profissional vai substituir uma lira fabricada pelo próprio Lázaro, com tubos de metal e cabos de vassoura unidos por placas de azulejos e outras peças de cerâmica de diferentes tamanhos e espessuras para produzir os sons das notas musicais.

A entrega da lira profissional aconteceu num evento simples, mas muito emocionante, no pátio do 8º BPM. Além de oficiais e praças, participaram da entrega os alunos da Oficina de Música, criada e mantida por policiais militares músicos com total apoio do Comandante da unidade, Coronel Rodrigo Ibiapina Chiaradia.

Lázaro com o Comandante da unidade, Coronel Rodrigo Ibiapina Chiaradia.

Sob responsabilidade de cinco policiais da Banda do 8º BPM, a Oficina de Música atende hoje a 120 crianças e adolescentes da região que, fora do horário escolar, aprendem técnicas de instrumentos de corda, sopro e percussão. "Esperamos matricular o Lázaro. Ele tem um talento nato que precisa ser lapidado. Para frequentar nosso projeto basta conciliar o horário da escola e conseguir um meio de transporte para trazê-lo para Campos nos dias de aula. Nossa oficina revela talentos e é um forte indutor de inclusão social", disse o Coronel Ibiapina.

O talento de Lázaro a que se refere o comandante da unidade foi descoberto por acaso num vídeo postado nas redes sociais por iniciativa de uma vizinha do menino. Sem nunca ter estudado música, ele aparece no vídeo tocando acordes da música “Asa Branca”, clássico do cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga (1912-1989), batendo com uma baqueta improvisada nas peças de cerâmica.

O instrumento musical profissional vai substituir uma lira fabricada pelo próprio Lázaro, com tubos de metal e cabos de vassoura unidos por placas de azulejos e outras peças de cerâmica.

Sensibilizados, os professores da Banda de Música do 8º BPM conseguiram localizar Lázaro e promoveram a festa de entrega da lira de teclas. O Sargento Ijhones, por coincidência, tinha o instrumento guardado em casa e não pensou duas vezes em doá-lo ao menino, apostando que, unindo o talento e dedicação, poderá se transformar num grande músico e, acima de tudo, um grande cidadão.

– O Lázaro é um menino humilde, talentoso e muito dedicado. Isso nos motivou a realizar esse sonho dele – conta o Sargento Ijhones.

 

 

 

Mais lidas da semana