Mídias Sociais

Destaque

Lutador de jiu-jitsu alega ter sido espancado por Guardas Municipais em Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Um jovem de 21 anos, alega ter sido espancado por agentes do Grupo de Apoio Operacional (GAop), da Guarda Municipal, na noite deste domingo (17), na orla da Praia dos Cavaleiros, em Macaé.  À nossa equipe de reportagem, a família do lutador de jiu-jitsu Roger Guimarães Leite da Rocha, disse que os guardas não tiveram nenhum motivo, nenhuma razão aparente para ter chutado rapaz.

“Ele assistiu a um jogo em casa com o pai e por volta das 19h, foi para o Cavaleiros encontrar uma amiga. Os dois iam tentar acompanhar um bloco que havia saído na orla mais cedo, porém o evento já havia acabado. Ele havia encontrado a menina em frente à Taberna, quando cinco agentes vieram em sua direção para o agredir. Ele ainda tentou falar com eles, disse que era atleta e que já havia treinado alguns agentes anteriormente, mas eles partiram para cima dele jogando spray de pimenta em seus olhos, já na tentativa desestabilizá-lo”, conta Ana Beatriz Guimarães, mãe da vítima .

Em depoimento à polícia, Roger afirmou ter sido agredido com chutes no rosto, além de golpes nas costas, na região lombar e na nuca.   Após o ocorrido, os agentes do GAop teriam deixado o local sem prestar socorro. O jovem foi socorrido por populares e levado para o Pronto Socorro da Imbetiba.

O jovem passou por exames no Instituto Médico Legal (IML).

“Essa pancada na nuca que ele levou se não fosse Deus, ele teria morrido. Eu estou muito triste, pois eu tinha uma admiração muito grande pela guarda. Sei que têm muitos ali que fazem um trabalho sério, mas é muito decepcionante”, disse Beatriz.

Apesar de ter sido pego se surpresa pela ação, Roger conseguiu memorizar o nome dos guardas. Eles foram denunciados na ocorrência, que foi registrada na 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP). Atleta profissional, Roger lutaria na categoria adulto pesado no próximo sábado, mas ainda não sabe se irá se qualificar por conta das lesões.

O jovem passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) na tarde desta terça-feira (19).

 

 

Por telefone, o secretário de Ordem Pública de Macaé,  Sebastião Carneiro, informou que uma sindicância já foi aberta para apurar as agressões. “Fizemos um levantamento das denúncias para que sejam analisados os atos relativos à alegação do munícipe. Os dados já foram encaminhados a nossa Corregedoria. Nosso objetivo é solucionar o caso o mais breve possível”, destacou Carneiro.

 

Atleta lutaria na categoria adulto pesado no próximo sábado, mas ainda não sabe se irá se qualificar por conta das lesões.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana