Mídias Sociais

Destaque

Justiça expede mandando de prisão contra idoso acusado de estuprar menina de 13 anos em Arraial do Cabo

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Segundo o parecer da Justiça, Nilton Vianna, de 79 anos, é “um estuprador contumaz, não merecedor de prisão domiciliar pois oferece risco à sociedade. 

A Polícia Civil de Arraial do Cabo prendeu, nesta quinta-feira (17), Nilton Vianna de Andrade, conhecido como Niltinho, de 79 anos, apontado como autor do estupro de uma menor, de 13 anos de idade.

Nilton já havia sido preso por guardas municipais no início do mês em um depósito abandonado. Na ocasião, ele foi detido em flagrante no momento em que abusava da adolescente. Segundo o delegado Lauro Coelho, responsável pelo caso registrado na delegacia de Cabo Frio (126ª DP), os dois estavam sem roupas.

No depoimento da menor, a polícia descobriu que o idoso já abusava há três anos em troca de dinheiro.  Mesmo sendo preso e flagrante, Nilton acabou sendo beneficiado em responder ao processo em prisão domiciliar.

Nesta quinta-feira, com mandando de prisão em mãos, os policiais o capturaram dentro de sua residência, em Arraial do Cabo.  "Ficou claro que trata-se de estuprador contumaz, não merecedor de prisão domiciliar por oferecer risco à sociedade", explicou a delegada titular da 132ª Delegacia Policial de Arraial do Cabo, Flávia Monteiro de Barros.

Segundo o parecer da Justiça que decidiu pela prisão preventiva de Nilton, o idoso é “um estuprador contumaz, não merecedor de prisão domiciliar pois oferece risco à sociedade”, diz o documento. Nilton foi encaminhado a um presídio na capital na manhã desta sexta-feira (18).

 


 

Mais lidas do mês