Mídias Sociais

Destaque

Justiça condena escola particular em Cabo Frio a indenizar aluno vítima de bullying

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Adolescente, na época com 14 anos, teria sido vítima de constantes ataques físicos e psicológicos praticados por alunos do Instituto Santa Rosa.

Uma tradicional escola particular de Cabo Frio, na Região dos Lagos, terá que indenizar um aluno que sofreu bullying na unidade de ensino, localizada no Centro da cidade. A decisão foi proferida pela Soraya Pina Bastos, da 37ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), na última quinta-feira (30).

O caso ocorreu no ano de 2011, quando o aluno, na época com 14 anos, teria sido vítima de constantes ataques físicos e psicológicos praticados por alunos do Colégio Instituto Santa Rosa. Segundo a defesa do estudante, instituição não delegou ações disciplinares rigorosas para coibir os episódios.

Segundo a petição inicial o bullying chegou ao limite em outubro de 2011, quando, “após ser molestado por outros alunos nas dependências da ré, o demandante chegou em casa visivelmente transtornado e aos prantos ligou para sua mãe, apresentando um descontrole emocional evidente, de maneira jamais presenciada”.

De acordo com os autos, o estudante desabafou com a mãe, chegando a ameaçar matar os colegas: “Mãe, eu não aguento mais, eu vou matar todos eles! Todos os dias eles me xingam, brincam comigo, todo o tempo ficam me empurrando e fazendo piadas de mau gosto”, disse.

A sentença acolheu as alegações da vítima de negligência do colégio, concedendo indenização de R$ 25 mil a título de danos morais. A escola negou ter se omitido quanto ao caso e informou que vai recorrer da decisão, de primeira instância.


 

Mais lidas do mês