Mídias Sociais

Polícia

Julgamento da chacina de Macabu só deve terminar na madrugada de quinta-feira (23)

Avatar

Publicado

em

 

Bertha Muniz

Colaborou: Luan Santos

 

Com quase três horas de atraso, o detento Cristiano Maurício de Castro, de 39 anos, conhecido como “Pindoco”, chegou ao Fórum de Conceição de Macabu para seu julgamento. Ele é réu por planejar e executar a morte três parentes – irmã, sobrinho e mãe- de sua ex-mulher, Cátia dos Santos, hoje com 39 anos. Pindoco precisou passar pelo Instituto Médico Legal (IML) de Macaé para exames.  O júri popular estava marcado para começar às 10h, mas o acusado só chegou por volta das 12h37. O crime aconteceu no dia 2 de março de 2013 e desde então Pindoco cumpre prisão no presídio Carlos Tynoco da Fonseca, em Campos dos Goytacazes.  O júri será composto po sete jurados escolhidos na hora pela juíza do caso Maria Clacir Schuman. No total, são oito testemunhas de defesa e oito de acusação. Às 9h, foram distribuídas senhas à população que desejava acompanhar o julgamento na platéia do plenário.  O Promotor do Ministério Público, Ricardo Zouein, também discursará no plenário. Acredita-se que o julgamento só termine na madruga de quinta (23). Na manhã de hoje (22), familiares fizeram um protesto clamando por Justiça na frente da residência das vítimas.Maiores informações sobre o julgamento a qualquer momento.

Foto: Luan Santos

Mais lidas da semana