Mídias Sociais

Destaque

Homem é morto em comunidade de Macaé e PM reforça tropa devido ao 'toque de recolher'

Publicado

em

 

Desde domingo, comércio no Lagomar foi suspenso em homenagem à vítima. Polícia afirma que crime tem ligação com o tráfico de drogas

 

 

 

 

 

O policiamento militar no Lagomar está reforçado devido ao “toque de recolher” imposto pelo tráfico local, pela morte de José Maxwel Oliveira da Silva, de 28 anos, na manhã de domingo (13). Ele foi executado a tiros no bairro Jardim Carioca II. Ele estava no interior de um carro junto com uma mulher, quando uma pessoa a pé se aproximou do veículo e disparou em José Maxwel que faleceu no local. Após os disparos o autor fugiu correndo pelas ruas do bairro e até o momento não foi identificado.

Segundo a Polícia Militar, o crime tem ligação com o tráfico de drogas no bairro Lagomar. Parte do comércio na localidade foi fechada no dia do enterro da vítima, neste domingo (13), em uma espécie de "toque de recolher". De acordo com informações do comendo da PM, a segurança no bairro Lagomar conta com a circulação de policiais em carros blindados, além da vigilância feita por agentes e uma torre fixa. O caso é investigado na 123ª DP.

Tânia Garabini


 

Mais lidas do mês