Mídias Sociais

Destaque

Fazendeiro acusado de matar deficiente em Macaé é transferido para presídio em Campos

Bertha Muniz

Publicado

em

Crime ocorreu em janeiro deste ano na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em frente ao Corpo de Bombeiros, em Cabiúnas. 

A Polícia Civil de Macaé localizou e prendeu nesta terça-feira (20), o fazendeiro José Carlos de Carvalho Barcelos. Ele é apontado pelas investigações como quem matou o deficiente físico Evandro Azevedo Crespo, no dia 5 de janeiro deste ano.

Com um mandado de prisão temporária expedido pelo Juízo da Comarca de Macaé, a equipe da 123ª Delegacia Policial de Macaé (123ª DP), coordenada pelo delegado titular, Filipi Poeyes, conseguiu fazer a prisão de Carlos após o intenso trabalho de investigação desenvolvido em cima dos fatos do homicídio. Nesse período, as equipes de investigadores realizaram várias diligências e conseguiram levantar as circunstâncias do crime.

O assassinato ocorreu na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em frente ao Corpo de Bombeiros, em Cabiúnas. Segundo familiares da vítima, Evandro foi  confundido com outra pessoa. De acordo com a Polícia Civil, o autor assassinou a vítima com um tiro no peito de espingarda, possivelmente de calibre 12.

Carlos Barcelos irá responder pelo crime de homicídio duplamente qualificado pelo motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. No momento de sua prisão, foram encontrados com o fazendeiro um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 28, seis munições de 38, 08 cartuchos calibre 28 e quatro de calibre 12. Carlos foi transferido para o presídio de Campos dos Goytacazes,  onde seguirá preso até o final das investigações.

 

Mais lidas do mês