Mídias Sociais

Polícia

Empresas de transporte público da Região dos Lagos são alvos de operação da Polícia Federal

Publicado

em

 

Jacob Barata, sócio das viações Salineira e Montes Brancos, foi preso no último domingo (2), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, ao tentar embarcar para Lisboa, Portugal

Bertha Muniz
A Polícia Federal deflagrou na noite de domingo (2), a “Operação Ponto Final”, braço da “Lava Jato” e que visa cumprir mandados de prisão contra funcionários e sócios de empresas de transporte público do estado do Rio de Janeiro.
Cerca de 80 policiais federais cumpriram 9 mandados de prisão preventiva, 3 de prisão temporária e 30 mandados de busca e apreensão expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. A investigação busca desarticular uma organização criminosa que atuava no setor de transportes urbanos do Estado do Rio de janeiro.
Na Região dos Lagos, as empresas que detêm o monopólio do transporte público, Salineira, Montes Brancos e Viação São Pedro, estão filiadas à Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), que teve seu presidente Lélis Teixeira preso junto com o ex-presidente do Detro, Rogério Onofre e Jacob Barata Filho que também foi preso no último domingo, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, ao tentar embarcar para Lisboa, Portugal.
Agentes também estiveram na garagem da Rio Ita, na BR-101 em São Gonçalo, para cumprir mandados. Marcelo Traça, um dos donos da Rio Ita e presidente do Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (SETRERJ), foi preso nesta manhã, durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116). A operação é em conjunto com o Ministério Público Federal. Novos mandados estão sendo cumpridos nesta segunda (3).
Por meio de nota, a Auto Viação Salineira e a Montes Brancos, disseram estarem surpresas com o fato, pois nunca tiveram acesso nenhuma informação que desabonasse suas condutas e informaram que a Guanabara Participações Empreendimentos Imobiliários, empresa que pertence a Jacob Barata, é sócia cotista minoritária com 19% das empresas Auto Viação Salineira e Viação Montes Brancos.
O Tribunal de Contas do Município do Rio publicou em 2010 um relatório que afirmava irregularidades com 33 das 41 empresas inscritas no processo de licitação do governo. Empresas foram inscritas com mesmos endereços para diferentes CNPJ, se inscreveram em mais de um consórcio e algumas foram até mesmo abertas no mesmo dia. Só Jacob Barata Filho é dono, ao mesmo tempo, de 7 das empresas.

Mais lidas da semana