Mídias Sociais

Destaque

Dupla suspeita de matar cabo da PM em Cabo Frio é presa após assalto a Casas Bahia e perseguição no Rio

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Durante a ação, houve troca de tiros e uma viatura foi atingida.Segundo a PM, os suspeitos foram detidos com 86 celulares. 

A Polícia Militar (PM) realizou a prisão de dois homens, após um assalto a uma loja das Casas Bahia, em Santa Cruz, no Rio, nesta quarta-feira (4). A dupla é suspeita de participar da execução do cabo da PM, Luciano Batista Coelho, de 39 anos, em 21 de março deste ano, durante um assalto a uma loja da mesma rede, no Centro de Cabo Frio.

Agentes do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) e do 27º BPM (Santa Cruz) foram acionados para a ocorrência na Avenida Brasil, onde bandidos estavam fugindo em um carro depois de roubarem a loja. O veículo foi localizado altura da Estrada do Quafá, em Bangu. Durante a ação, houve troca de tiros e uma viatura foi atingida.

Policiais fizeram cerco nas proximidades e houve perseguição. Os agentes conseguiram prender um criminoso, recuperar 86 aparelhos celulares roubados e o carro utilizado na ação. Três criminosos conseguiram fugir. Em seguida, policiais da UPP Vila Vila Kennedy conseguiram prender mais um criminoso envolvido no roubo.

Segundo a Polícia Civil, funcionários das Casas Bahia de Cabo Frio, reconheceram nesta quinta-feira (5) por foto, Jefferson Willian Barbosa, levando em conta a semelhança física de Jeferson com um dos participantes que cometeram o crime em Cabo Frio.

Ainda de acordo com a polícia, Jefferson foi reconhecido de forma inequívoca, já que estava com a camisa de escola estadual, mesma calça e mesma mochila, como integrante da quadrilha que tentou roubar a loja da cidade e matou o policial militar. O outro preso identificado como Leandro Costa Miranda, não foi reconhecido pelos funcionários.  Os dois estão presos na Casa de Custódia de Benfica, no Rio.

No dia do assalto em Cabo Frio, o cabo Luciano trabalhava como segurança de uma loja vizinha e tentou impedir a ação criminosa, mas acabou sendo rendido e morto a tiros.

O cabo da PM, Luciano Batista Coelho, de 39 anos, em 21 de março deste ano, ao tentar impedir um assalto em Cabo Frio.

 

Segundo a PM, os suspeitos foram detidos com 86 celulares após abordagem do carro usado no roubo, na Avenida Brasil.


 

Mais lidas do mês