Mídias Sociais

Polícia

Deam recebe nova denúncia contra maestro Budega

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Uma nova denúncia foi feita na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Cabo Frio contra o Maestro Budega. Desta vez, uma mulher, atualmente com 23 anos, relatou formalmente em depoimento ter sido abusada por Budega quando ela tinha 12 anos.

Ângelo Budega foi condenado, nesta semana, acusado de estupro de vulnerável. De acordo com o Ministério Público de Cabo Frio, a condenação diz respeito ao crime de violência sexual praticado, em 2010, contra uma menina de apenas dez anos de idade.

De acordo com a denúncia, o Maestro é idealizador do 'Projeto Apanhei-te Cavaquinho', de educação musical informal, em Cabo Frio. Em 2010, ele teria buscado uma de suas alunas em casa sob a justificativa que ensinaria uma nova música. Cerca de três horas depois, ao voltar para casa, a menina teria contato para um tia, que havia sido violentada.

Antes da acusação, através de uma rede social, a musicista Kéren-Hapuk Andrav, que hoje tem 22 anos, teria sido abusada quando ela tinha nove anos. Mas, na ocasião, não conseguiu denunciar.

Além de Kéren, há diversos comentários de meninas, que afirmam que observaram um comportamento estranho do maestro e que se sentiram coagidas, e por isso, conseguiram evitar, que o pior acontecesse.

Mais lidas da semana