Mídias Sociais

Destaque

Conexão Búzios: 29 presos em operação do MPRJ e Polícia Civil contra tráfico, homicídio e lavagem de dinheiro

Avatar

Publicado

em

 

Os grupos atuam em Armação dos Búzios, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e parte do Rio de Janeiro

 

 

 

Em operação coordenada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) com a Polícia Civil foram presas na manhã desta quinta-feira (31), vinte e nove pessoas pelos crimes de drogas, extorsão, lesão corporal, homicídio e lavagem de dinheiro em cidades da Região dos Lagos do Rio. Entre os acusados estão os líderes de duas facções: Sidnei José Rodrigues Junior, o ‘Neném’; Samuel Henrique Terra; Gilberto Coelho de Oliveira, o ‘Gil do Dendê’; Ruberval Barcelos Mendonça, ‘Vaval’; e Valdinei Quintanilha de Souza, ‘Dinho’.

Ao todo são 83 mandados de prisão e 87 de busca e apreensão para serem cumpridos ainda hoje. Os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão são contra 60 denunciados integrantes de uma facção criminosa e 11 de outra organização criminosa.

Segundo investigação do MPRJ, no período de janeiro de 2018 até janeiro deste ano, os 71 denunciados se uniram para praticar os crimes no Rio de Janeiro e nas cidades de Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e Búzios. O grupo atuava principalmente em comunidades carentes, tais como Colina (em São Pedro da Aldeia), Cem Braças, Capão, José Gonçalves, São José, Vila Verde/Cruzeiro, Alto da Rasa, Maria Joaquina (Búzios), Favela do Lixo e Boca do Mato (em Cabo Frio).

“Os denunciados praticaram o delito de tráfico ilícito de entorpecentes mediante utilização de armas de fogo e de intimidação dos moradores das comunidades de baixa renda da região", afirma o MPRJ, acrescentando que os criminosos eram violentos e intimidavam os moradores com a chamada "lei do tráfico".

Um dos mandados de prisão é contra uma empresa de fornecimento de sinal de internet. As investigações mostram que ela era comandada pelo grupo e explorava o serviço de forma irregular mediante ameaças feitas aos moradores. O MPRJ pediu decretação da medida cautelar de suspensão da atividade econômica e financeira da pessoa jurídica Estilo Net Telecom Internet LTDA ME (CNPJ 29536755/0001-97), em São Pedro da Aldeia, uma vez que tal atividade é fruto da interrupção do sinal de internet de provedores regulares legalmente autorizados na cidade, executada por integrantes da organização criminosa ligada ao CV. Com sócios ligados ao tráfico de drogas, a empresa explora o serviço de forma irregular e mediante graves ameaças aos moradores, alimentando o comércio de entorpecentes nas comunidades controladas pela facção criminosa.

Os presos estavam nas cidades de Armação dos Búzios e São Pedro da Aldeia. Do total, 15 já estavam em presídios e tiveram novos mandados de prisão cumpridos. A operação Conexão Búzios chegou até os acusados através de escutas telefônicas que revelaram as ações criminosas. A operação é realizada por meio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ) em parceria com a Polícia Civil do Estado e com a Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ).

Tânia Garabini

Mais lidas do mês