Mídias Sociais

Destaque

Civil cumpre mandados de prisão contra mulheres acusadas de envolvimento em lavagem de dinheiro para organização criminosa; assista:

Publicado

em

 

Duas mulheres, identificadas como Keyla Soares Silva e Caroline Roberta de Oliveira Medeiros, foram presas por lavagem de dinheiro para uma organização criminosa durante uma operação da Polícia Civil deflagrada na manhã desta quarta-feira (27) nos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

A dupla foi capturada em Rio das Ostras, por agentes da 121ª Delegacia de Polícia de Casimiro de Abreu (121ª DP), coordenados pelo delegado titular Roberto Ramos. A operação Castelo de Areia foi desenvolvida pela Polícia Civil de Minas Gerais, com o objetivo de cumprir 15 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão.

Durante as investigações, foi evidenciado que uma organização criminosa, que atuava no tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, possuía 'membros' dentro da segurança pública e no sistema bancário, facilitando as ações. No inquérito, foi sequestrada uma chácara avaliada em R$ 1 milhão, além de carros de luxo apreendidos no valor de R$ 340 mil.

Entre os investigados, se encontram um funcionário do Banco do Brasil, um policial militar, um ex-agente penitenciário, além de duas pessoas já em reclusão no presídio de Muriaé, em Minas Gerais. Durante a apuração, foram apreendidos ainda R$ 79 mil em espécie, além de drogas, balança de precisão, entre outros materiais.

A operação contou com o apoio de 36 policiais civis e aeronave da Coordenação Aerotática da Polícia Civil de Minas Gerais, além do apoio da PCERJ. Assista o momento exato das prisões abaixo:

Mais lidas da semana