Mídias Sociais

Polícia

Bebê morre após nascer em Rio das Ostras e família acusa hospital de erro médico

Publicado

em

 

Segundo familiares, o parto não tinha condições de ser normal, mas a médica plantonista teria insistido em forçar.

Um bebê morreu pouco depois de nascer na madrugada desta terça-feira (2) no Hospital Municipal de Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Segundo familiares, a gestação transcorreu normalmente, porém ao chegar ao hospital, ficou claro que não teria condições de o parto ser normal, mas a médica plantonista teria insistido em forçar. Eles acusam a equipe da unidade de saúde de negligência.

Familiares afirmaram também, que a gestante relatou à médica que estava com bastante falta de ar assim que chegou ao hospital.  “Mesmo assim ela foi induzida a um parto normal. Foi constatado que a criança havia saído da posição e ao invés da equipe médica fazer uma cesariana de emergência, a médica irresponsável decidiu tirar a criança a força, a ferro, arriscando assim a vida de mãe e filho. Infelizmente custou a vida de um inocente, a criança veio a falecer”, disse um familiar.

A Prefeitura de Rio das Ostras divulgou uma nota na tarde desta quarta-feira (3), lamentando o ocorrido e informando que abrirá inquérito administrativo para apuração completa dos fatos. Segundo o município, a instauração do inquérito será publicada em jornal oficial.

A nota afirma ainda que o caso será avaliado por peritos do Conselho Regional de Medicina – CRM, órgão isento e competente para tal. A partir do parecer técnico, serão tomadas as medidas cabíveis. As medidas poderão incluir a punição de responsáveis, caso seja identificado qualquer procedimento irregular, respeitando-se o amplo direito de defesa dos envolvidos.

Autor: Bertha Muniz

Mais lidas da semana