Mídias Sociais

Polícia

Bastidores do Flamengo também vive dias de instabilidade e insatisfação

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Não é só dentro de campo que o Flamengo vive dias de instabilidade. Nos bastidores do clube o clima também é quente. O mandato do presidente Eduardo Bandeira de Mello chega ao fim em dezembro. Ele não continuará no cargo e a luta agora é para eleger seu sucessor. Bandeira apóia seu vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba, que inclusive lançou candidatura a presidência nesta semana. Só que as vésperas das eleições, a oposição encabeçada por Rodolfo Landim vem crescendo e já conta com o apoio da maioria dos grupos políticos do clube.

Nos últimos dias, Antônio Tabet (fundador do Kibe Loco e do Porta dos Fundos) entregou a pasta de Relações Externas. Sua saída é mais uma perda recente da gestão de Eduardo Bandeira de Mello, que vem perdendo apoio de aliados importantes no clube. Segundo o UOL Esporte, mais profissionais devem seguir o caminho de Tabet é deixar o Flamengo nos próximos dias.

Um fato que chamou a atenção na semana foi que Mário Esteves, presidente do Conselho Fiscal e amigo de Eduardo Bandeira de Mello manifestou apoio a Landim na eleição de dezembro. A decisão mostra o tamanho da insatisfação nos bastidores, principalmente por ele se tratar de uma figura de destaque no grupo político SóFla (Sócios Pelo Flamengo).

Além das saídas recentes, Bandeira ainda exonerou o vice de Patrimônio Histórico Roberto Diniz em razão de seu apoio a candidatura de Landim. Esse conjunto de ações mostra o quão dividido está o clube em seus bastidores. E esse cenário de divisão tende a evoluir conforme a eleição se aproxima.

O grupo de Rodolfo Landim já conta com o apoio de sete dos doze grupos políticos do Flamengo. Entre eles estão: FAT (Flamengo Acima de Tudo), Sinergia, Ideologia, FLAFUT, FLA+, FLA Raiz e Garden.

Alheio ao turbilhão de sentimentos nos bastidores, a comissão técnica do Flamengo tenta dar continuidade ao trabalho dentro de campo. Ainda bastante pressionado, Barbieri recebeu um voto de confiança da direção e tenta justificar dentro das quatro linhas sua permanência no clube. O próximo desafio será no domingo (23), às 16 horas, contra o Atlético Mineiro, no Maracanã.

 


 

Mais lidas do mês