Mídias Sociais

Polícia

Bairros de Macaé têm índices de violência diminuído

Avatar

Publicado

em

 

Alguns bairros constantemente têm sido alvos de reclamações tanto de moradores quanto para os que apenas transitam. Passar pelas regiões da Praia Campista, Cavaleiros, Bairro da Glória e São Marcos já era sinônimo de estresse.

 

Desta forma, pensando no bem estar e segurança da população, o 32º BPM decidiu modificar o esquema de policiamento nessas áreas. E, desde o dia 15, moradores já podem perceber a diferença.

Segundo o Subtenente Barreto, a ideia foi atender a solicitação da população. “Os moradores desses bairros sempre solicitavam a intensificação do policiamento. E a determinação do comando do batalhão é clara: Macaé segura para toda a população. Estes bairros são os atendidos pela cabine do setor, que é a do bairro Cavaleiros, do Capitão André Silva. Dia 15 foi criado esse novo esquema de policiamento e o índices de violência caíram drasticamente. O policiamento está funcionando”, explicou.
E não parou por ai. Outros pontos beneficiados foram as escolas. De acordo com o Comandante do batalhão, Tenente – Coronel Vollmer, a viatura de patrulhamento escolar agora pode intensificar o policiamento nas demais escolas fora destes bairros.

”Além da intensificação, nós colocamos a equipe para tomar conta das onze escolas presentes nestes bairros. Dessa forma, eu tiro a sobrecarga da ronda escolar, porque nós temos uma viatura só para essa função. Então, com a equipe tomando conta desses colégios, eu posso melhorar ainda mais o atendimento nas outras”, disse.
O Subtenente complementou dizendo que agora as reclamações têm dado espaço aos elogios. “No IFF (Instituto Federal Fluminense), principalmente na saída dos alunos, tinha muita reclamação, incluindo assédio. Foi um dos pontos que nós melhoramos. Algumas pessoas agora vêm até nós para agradecer, tanto na viatura quanto na cabine. Nos cafés comunitários, por exemplo, onde é aberto para ouvir as demandas, alguns vão para elogiar”, ressaltou.

 

O policial finalizou enfatizando a importância do registro de ocorrência. “O mais importante para a polícia é que a população colabore. O apoio é importante. Porque, em alguns casos, não adianta só denunciar e não acompanhar a ocorrência, por causa da mancha criminal. O delegado da Polícia Civil, Filipi Poeys, na ultima reunião, nos mostrou que desde o começo do ano só tinha uma ocorrência. Sem ocorrência não tem a mancha, e é através dela que nós distribuímos os nossos policiais”.

 

Crimes podem ser denunciados através dos telefones (22) 2765 – 7296, 98168 – 2344 ou através do e-mail denuncia32bpm@gmail.com. O anonimato é garantido.

 

 

Flávia Martins

Mais lidas da semana