Mídias Sociais

Polícia

Acusado de assalto a posto de gasolina em Macaé é preso em casa pela Polícia Civil

Publicado

em

 

Homem de 26 anos será encaminhado para o presídio de Bangu e responderá pelo crime de roubo qualificado

Bertha Muniz

A Polícia Civil de Macaé cumpriu um mandado de prisão preventiva conta Luiz Eduardo Maia, 26 anos, na manhã de ontem (10). Ele é acusado de assaltar um posto de gasolina localizado na Praia Campista, em Macaé, no dia 12 de dezembro do ano passado. Luiz Eduardo foi preso em casa, na Barra de Macaé, por volta das 6 da manhã por agentes da 123ª Delegacia de Polícia (Macaé). A polícia chegou até o acusado após meses de investigações. Na época do crime, dois funcionários do posto de gasolina prestaram queixa na delegacia e reconheceram o acusado como autor do roubo. Luiz Eduardo estava armado e a bordo de um Siena no dia do crime. Segundo os funcionários, ele teria roubado a quantia de R$ 488,83 do caixa do posto. Informações da polícia dão conta de que o veículo utilizado pelo acusado no dia do assalto seria de um homem morador do Rio Comprido, na capital. Ainda de acordo com a Polícia Civil, uma das hipóteses é de que a placa do automóvel seja clonada. O acusado será encaminhado para o presídio de Bangu e responderá pelo crime de roubo qualificado pelo emprego de arma de fogo. A Polícia Civil espera que com a divulgação da foto do acusado eventuais vítimas possam compareçam a 123ª DP para o reconhecimento e colaborar com as investigações. As informações são sigilosas.

 

Mais lidas da semana