Mídias Sociais

Polícia

Investigado por participar de grupo terrorista é preso em Saquarema

Avatar

Publicado

em

 

Um dos homens detidos em uma operação da Polícia Federal, nesta quinta-feira, dia 21, foi encontrado em Saquarema. O rapaz, identificado como Alisson Luan de Oliveira, é um dos dez detidos na ação e faz parte dos 50 investigados. Os suspeitos são procurados nos estados do Amazonas, Ceará, Paraíba, Goiás, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Mato Grosso, do Paraná e do Rio Grande do Sul.

Saquarema é a cidade é sede da Confederação Brasileira de Vôlei. Segundo conhecidos do jovem, ele tinha ascendência síria e chegou a viajar para o país, mas não conseguiu entrar. Eles disseram ainda que o rapaz teria cogitado a possibilidade até mesmo de se transformar em homem-bomba. Alisson era conhecido por ser um rapaz de bom comportamento, tranquilo e tímido.

Batizada de Operação Hashtag, a ação corre em caráter sigilo. De acordo com o Ministério de Justiça (MJ), os detidos na operação são suspeito sde terem realizado "atos preparatórios" visando ações terroristas.

Na manhã desta sexta-feira, dia 22, os presos foram levados para o presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A unidade é de segurança máxima e recebe presos de alta periculosidade.

Segundo o MJ, alguns dos investigados na operação chegaram a fazer um juramento virtual ao grupo, no qual repetiam palavras de uma gravação, mas não tiveram contato com membros do Estado Islâmico. Para as autoridades brasileiras, os presos não têm "nenhum preparo". As investigações estão a cargo da Divisão Antiterrorismo da PF (DAT).

 

 

Flávia Martins

Mais lidas da semana