Mídias Sociais

Destaque

Estragos causados pelas chuvas ainda comprometem  região serrana de Macaé

Bertha Muniz

Publicado

em

 

A barragem da usina velha, entre Frade e Glicério, está sendo monitorada e ainda não há riscos de ruptura da estrutura ou inundações.

Após ter estradas interditadas por conta da chuva no último fim de semana, a região serrana de Macaé continua com acesso limitado em algumas localidades. Ontem (7) a estrada que liga a Serra da Cruz ao Trapiche, foi interditada após um deslizamento de terra e um afundamento na via. Não houve feridos.

Equipes das secretarias de Infraestrutura e Interior e da Defesa Civil trabalharam no local nesta quinta-feira (8), e conseguiram liberar a estrada. Segundo o município, equipes de diversos órgãos seguem na serra atuando com frentes de trabalho a fim de minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas que, atingem a região.

As ações, de acordo com a prefeitura, estão sendo realizadas em toda a serra, com destaque para Trapiche, Glicério, Sana e Bicudas. A barragem da usina velha, entre Frade e Glicério, está sendo monitorada e ainda não há riscos de ruptura da estrutura ou inundações. Somente na tarde de ontem, foi registrado um volume de chuva de cerca de 30 mm na região serrana de Macaé.

Algumas estradas estão com o acesso comprometido, por conta do volume das águas, entre elas a Estrada da Turma (Liga o Óleo a Trapiche) que está interditada; Estrada da Estrela, no Poço da Siriaca, em Glicério, onde apenas veículos tracionados conseguem trafegar e Estrada da Boa Alegria, em que funcionários da Secretaria de Interior atuam para restabelecer a passagem de carros.

A orientação da Defesa Civil é para que a população evite o contato com rios e cachoeira, bem como não ultrapasse faixas marginais de proteção. O Destacamento da Defesa Civil (Distritec), localizado em Glicério, atua com plantão de 24h. Informações e solicitações podem ser feitas pelo telefone: 2793-3846.


 

Mais lidas do mês