Mídias Sociais

Destaque

Dr. Aluizio vai ao Secretário de Estado e consegue 20.000 doses de vacina contra a febre amarela

Avatar

Publicado

em

 

Macaé ficará com 15.000 doses e 5.000 serão disponibilizadas para Casimiro de Abreu 
No último final de semana a região entrou em estágio de alerta por conta da suspeita do primeiro caso de morte por febre amarela que pode ter ocorrido na região. Um homem, de 38 anos, identificado como Watila Santos, 38 anos, estava internado desde a última sexta-feira (10) no Hospital Angela Maria Simões Menezes, em Casimiro de Abreu, faleceu na madrugada de sábado (11), com suspeita da doença.

O caso foi divulgado pela prefeitura do município. A previsão, segundo o órgão é de que o resultado do exame para comprovar ou não a doença fique pronto em dez dias. Watila Santos residia na zona rural de Casimiro de Abreu e deu entrada no hospital com a pele amarelada, além de dores de cabeça, febre e dor no corpo. Antes de morrer, ele sofreu duas paradas cardiorrespiratórias. Os sintomas são comuns em casos de febre amarela e leptospirose, segundo os médicos da unidade.

Por se tratar de região de divisa entre as cidades de Macaé e Casimiro o Prefeito Dr. Aluizio iniciou pelo Sana  na manhã dessa segunda feira uma campanha de vacinação com as 1000 doses que o município possui disponível em estoque, já que a vacina é disponibilizada somente pelo Governo do Estado. Após coordenar as ações no Sana o prefeito visitou Casimiro Abreu para se inteirar a respeito do suposto caso da doença e seguiu para o Rio de Janeiro onde se encontrou com o Secretário de Saúde do Estado que disponibilizou 20.000 mil doses para serem usadas em caráter emergencial, já que até o final do mês o estado inteiro estará recebendo grandes lotes das vacinas. Deste primeiro lote, a Prefeitura de Casimiro receberá 5.000 doses e as 15.000 restantes serão disponibilizadas para a população de Macaé já a partir dessa terça-feira.

A região serrana terá prioridade nesse primeiro momento e o calendário de toda cidade será divulgado pela secretaria de saúde do município. A expectativa é que até o final do mês grande parte da população da região já esteja vacinada. As autoridades sanitárias destacam que é importante a população se informar na rede de saúde dos municípios sobre vacinação e prevenção para que tudo ocorra dentro da absoluta normalidade.

Mais lidas da semana