Mídias Sociais

Esporte

Zé Ricardo analisa estreia do Vasco na fase de grupos da Copa Libertadores

Sérgio Barcellos

Publicado

em

A derrota em casa diante da Universidad de Chile na noite da última terça-feira não estava nos planos do Vasco. O resultado ruim em São Januário deixa o time em situação delicada em uma chave considerada por muitos como a mais difícil da Libertadores. Nas contas de Zé Ricardo, o time precisaria de 11 pontos para se classificar. Agora restam 15 em disputa.

Zé Ricardo fez a sua análise da partida e lamentou o gol da vitória do adversário, que segundo ele saiu de um lance isolado.

“Resultado que não esperávamos. A expectativa era grande para a estreia. Pegamos uma equipe arrumada, com jogadores experientes. Eles tiveram alguns momentos melhores que a gente. Tivemos alguns momentos. Até certo ponto, eles fizeram gol em um lance isolado, jogada de lateral. Minutos antes tivemos um lance com Rildo. A partida foi decidida em um detalhe”, lamentou o treinador.

Zé Ricardo não tem muito tempo para ficar lamentando a derrota na Libertadores. Isso porque já no domingo, a equipe terá pela frente o clássico com o Botafogo, onde também precisa ganhar para se classificar. Exatamente por isso, o treinador evitou ficar pensando no Cruzeiro, próximo adversário da Libertadores.

“Vamos pensar no Cruzeiro depois. Temos um clássico importante contra o Botafogo e ainda temos planos no Carioca. Mas na Libertadores, temos que buscar pontos fora de casa. No futebol nada é impossível. Serão 11 contra 11 no Mineirão e vamos representar bem o Vasco”, encerrou Zé.

Foto: Paulo Fernandes

Mais lidas do mês