Mídias Sociais

Esporte

Vasco descarta volante do São Paulo, mas mantém esperanças em Guarín e Dedé

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Vasco anunciou nesta semana que desistiu da contratação de Jucilei. O jogador chegou a ser oferecido ao Cruz-Maltino, que abriu conversas com o staff do atleta. Ao que tudo indica, o alto salário do volante acabou sendo o principal entrave na negociação. Após abrir mão de Jucilei, os cariocas voltaram a carga por Guarín. O clube ainda mantém esperanças de conseguir fechar a contratação do colombiano.

O Vasco não vive um bom momento financeiro. Por conta disso, o clube vem mapeando com muito critério as oportunidades de mercado. Jucilei foi oferecido na semana passada e a possibilidade, a princípio, agradou a diretoria do Cruz-Maltino. Só que com o desenrolar da negociação, o Cruz-Maltino tomou conhecimento de seu alto salário, o que acabou emperrando as tratativas. Outro fator que pesou contra a contratação foi o histórico de lesões do jogador e o seu longo período de inatividade.

Mesmo diante de uma crise financeira, internamente a diretoria do Vasco admite a necessidadede se reforçar. Só que para isso, a ideia dos dirigentes é respeitar o orçamento. Atualmente, o Vasco conta com uma folha salarial na casa dos R$ 3,7 milhões no Carioca. Em um primeiro momento, o objetivo é não inflacionar essa folha durante o Estadual. A contrapartida é que existe o pensamento de que o clube precisa de reforços para não correr risco de rebaixamento no Brasileiro.

Com a necessidade de se reforçar, o clube monitora de perto as situações de Guarín e Dedé. O Vasco segue negociando com Guarín e as últimas informações apontam que a distância entre os valores encurtou. A tendência é que após alguns ajustes, ambos os lados cheguem a um denominador comum. Já o caso de Dedé é diferente. O Vasco aguarda o jogador definir sua situação junto ao Cruzeiro. Se conseguir sua liberação, o Cruz-Maltino deverá entrar com tudo para buscar sua contratação.

Foto: reprodução

Mais lidas da semana