Mídias Sociais

Esporte

Presidente do Vasco explica homenagem e rebate críticas internas no clube

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Após toda a polêmica em torno da homenagem as vítimas do incêndio que vitimou dez jovens das categorias de base do Flamengo, o presidente do Vasco Alexandre Campello resolveu se pronunciar sobre o assunto. Em entrevista ao Jornal “O Dia”, o dirigente veio rebater as críticas que recebeu por estar supostamente se aproveitando da situação.

“O Vasco precisava ser solidário. Nós vivemos em uma cidade violenta, e ao longo dos anos sempre existiu animosidade e clima de violência entre as torcidas. Nós queríamos passar uma mensagem de paz, solidariedade, conforto às famílias e à torcida do Flamengo, que no momento sofre com essa perda”, explicou Campello.

Sem dar muitas voltas e indo direto ao assunto, Campello comentou também sobre as críticas que recebeu após a homenagem. Alguns conselheiros ficaram extremamente irritados com o fato do Vasco entrar em campo com a bandeira do maior rival na camisa. O presidente do Vasco rebateu.

“Só pessoas pequenas, com desejos políticos, poderiam ser contrárias a um gesto de solidariedade diante de uma tragédia tão grande”, disse Campello, deixando claro que, na sua opinião, as críticas tem como objetivo desestabilizar os bastidores do clube, criando um clima de tensão interna no Vasco.

Foto: Paulo Fernandes


 

Mais lidas do mês