Mídias Sociais

Esporte

Pedro Rocha se despede do Flamengo: "uma honra fazer parte desse grupo"

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Ainda sonhando com o título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo começará 2021 com uma baixa no ataque. O Rubro-Negro não poderá contar mais com o futebol de Pedro Rocha. O jogador se despediu dos companheiros neste fim de semana e não vestirá mais a camisa do clube carioca.

Pedro Rocha chegou ao Flamengo em janeiro deste ano após ter feito uma boa temporada com a camisa do Cruzeiro. A expectativa era grande e o pensamento é de que ele chegaria para disputar um posto entre os titulares, algo que acabou não se concretizando. Pedro teve dificuldade para conseguir espaço no estrelado elenco rubro-negro e quando esteve em campo acabou não convencendo os treinadores, seja sob o comando de Jorge Jesus, com Domènec Torrent e agora com Rogério Ceni.

O jogador estava emprestado pelo Spartak de Moscou, da Rússia, clube onde ele tem contrato até 2023. Como o jogador não conseguiu espaço e não seria mais aproveitado no Flamengo, as partes decidiram por não buscar a renovação do empréstimo que se encerrou agora no dia 31 de dezembro.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o atacante se despediu dos torcedores e do clube. No comunicado, ele agradeceu a oportunidade de ter defendido mais um dos gigantes do futebol brasileiro.

"Foi uma honra fazer parte desse grupo tão importante na história do futebol brasileiro. Acredito que cumpri uma grande etapa da minha carreira, onde defender as cores do Flamengo e carregar com orgulho o manto rubro-negro. Sei que me entreguei por inteiro a esse desafio e só tenho a agradecer por todo apoio e carinho que recebi aqui. Estive numa equipe muito forte e unida, onde vivi momentos que vou guardar com carinho. Agradeço pelo grande trabalho de toda a comissão técnica, departamento médico e todo o staff", afirmou Pedro Rocha.

Pedro Rocha se despede do Flamengo tendo participado apenas de 11 partidas, sendo três delas como titular. Nesse período, marcou apenas um gol e uma assistência. Sua sequência no time foi atrapalhada por uma série de lesões. O atleta sai do Rubro-Negro com os seguintes títulos no currículo: Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e Campeonato Carioca.

Foto: Alexandre Vidal

 

Mais lidas da semana