Mídias Sociais

Esporte

Nenê pede cautela das autoridades sobre volta do futebol

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Tido como um dos principais destaques do Fluminense nesta temporada, o craque Nenê pede cautela das autoridades quando o assunto é coronavírus e futebol. O jogador entende que é preciso ter bom senso e não ceder a pressão para retomar as atividades antes do previsto, evitando assim novas contaminações.

"Não só o futebol vai mudar, como todos nós já mudamos. Este período nos trouxe muitas reflexões, principalmente sobre o cuidado com a nossa vida e a vida do próximo. É preciso que tenhamos a certeza da nossa segurança para a retomada do futebol. A prática do esporte, seja ela profissional ou não, precisa transmitir a imagem da saúde e do bem estar. Os responsáveis pelo nosso futebol precisam manter essa máxima para que todos nós possamos voltar a atuar com tranquilidade", explicou o meia.

Enquanto não volta a jogar, Nenê segue com a rotina de treinos para manter a forma. "Tenho treinado bastante e aproveitado com meus filhos e esposa, sempre respeitando os cuidados pela situação que estamos. Os trabalhos diários são importantes porque logo estaremos de volta e procuro manter a forma para poder ajudar a equipe da melhor maneira possível em nosso retorno", disse o jogador.

A postura de Nenê vai de encontro ao que pensa o Fluminense. O Tricolor das Laranjeiras é um dos clubes que vem batendo o pé contra o retorno do futebol, afirmando que só voltará a atuar se a Organização Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde, os governos estadual e federal, a Fifa e a CBF autorizarem a volta e isentarem o clube de responsabilidade por contaminações.

Foto: Lucas Merçon

Mais lidas da semana