Mídias Sociais

Esporte

Macaé Oilers recebe o Magé Barões na região serrana pela semifinal da Liffa

Avatar

Publicado

em

 

A primeira fase da Liga Fluminense de Futebol Americano (LIFFA) ficou para trás. Dono da segunda melhor campanha do torneio até aqui, o Macaé Oilers terá a vantagem de decidir a semifinal em casa. Para chegar à decisão, os macaenses precisarão passar pelo Magé Barões. O confronto acontece neste domingo, dia 27, às 14 horas no Campo do Frade, região serrana de Macaé. A entrada é franca.

O confronto deste domingo traz a tona um fato inédito. Será a primeira vez que o Macaé Oilers irá jogar na região serrana da cidade. Atual campeão do torneio, os macaenses estão firmes na briga pelo bicampeonato. Tanto que durante a fase de classificação, o Oilers só ficou atrás do Teresópolis Rockers. Macaé Oilers e Magé Barões também já se enfrentaram na fase de classificação. Na ocasião, os macaenses venceram fora de casa por 31 a 09.

“A gente já tinha planos de fazer um jogo na Serra Macaense desde o ano passado. Infelizmente a logística acabou nos atrapalhando. Mas graças a Deus agora vamos conseguir realizar um jogo por lá. É um presente nosso para os moradores dessa região tão querida de Macaé. Esperamos que a torcida lote o estádio. É um esporte novo, poucos conhecem. Então temos esse objetivo de também divulgar a modalidade. Temos jogadores que moram lá e quem sabe não conseguimos trazer novos adeptos para o futebol americano”, afirmou o presidente do Macaé Oilers, Nivaldo Valadão.

“Esperamos que seja um jogo tão pegada como foi os dois primeiros quartos da partida passada (no duelo entre as duas equipes na primeira fase). Tivemos dificuldades contra eles e a tendência é que o Barões venha reforçado para esse jogo até porque vale vaga na final. Vamos com força total, contando com a volta de jogadores importantes. Se Deus quiser e permitir, será o terceiro ano consecutivo que vamos a final da LIFFA”, ponderou Nivaldo.

Nivaldo ainda aproveitou a oportunidade para fazer um apelo. “Se conseguirmos a vitória e avançarmos à final, infelizmente não poderemos jogar no Moacyrzão por conta da falta de laudo do Corpo de Bombeiros. Hoje o estádio não está podendo receber torcedores em virtude disso. Fica aqui então o nosso apelo as autoridades competentes. O público macaense gostaria de prestigiar esse evento. Caso contrário, teríamos que levar à decisão do torneio mais uma vez para Volta Redonda e todos perdemos com isso”, afirmou Nivaldo.

Sérgio Barcellos

Foto: Jana Aguiar 

 

Mais lidas do mês