Mídias Sociais

Esporte

Macaé Basquete joga a vida na Liga Ouro nesta quarta-feira no Ginásio do Juquinha

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Macaé Basquete ganhou uma sobrevida na Liga Ouro com a vitória conquistada sobre o Corinthians na última segunda-feira no Ginásio do Juquinha. Mas a verdade é que o clube segue em uma situação delicada na semifinal. Isso porque a equipe paulista está vencendo a série melhor de cinco por 2 a 1, o que obriga o time macaense a ter que ganhar nesta quarta-feira de qualquer maneira para forçar a realização do 5º jogo e manter vivo o sonho de voltar ao NBB. O duelo será novamente no Juquinha, às 19h30.

O Macaé não pode pensar em nenhum outro resultado que não seja a vitória se quiser continuar sonhando com o NBB. Perder nesta quarta-feira significa dar adeus a possibilidade de voltar a elite do basquete brasileiro. Curiosamente, o time tinha sua vaga assegurada no NBB deste ano, mas teve que abrir mão de sua participação por falta de investidores.

A partida da última segunda-feira trouxe a tona pontos positivos e negativos da equipe. O lado bom é que o time mostrou um alto nível de competição e entrega, principalmente se levarmos em conta que o Corinthians esteve muito perto de fechar a série com um 3 a 0, mas o Macaé mostrou muita garra para acreditar até o fim e arrancar uma vitória importante, que dá moral para o jogo de quarta. Outro ponto a ser destacado foi a atuação decisiva da torcida, que vendo um bom momento do rival começou a entoar gritos de “eu acredito” que parecem ter inflamado os jogadores. Esse apoio vindo da arquibancada será primordial em mais uma batalha.

O ponto negativo é que o time cometeu erros ofensivos que poderiam ter custado a eliminação, como erros em lances livres nos segundos finais. Seja por falta de concentração ou por sentir a pressão de um jogo decisivo, o time oscilou em momentos cruciais, o que não pode se repetir agora. O Corinthians certamente entrará mais ligado no jogo e será preciso surpreender mais uma vez. Cabe lembrar que a equipe paulista havia vencido todos os seus jogos até aqui como visitante na competição, com um impressionante aproveitamento de 100%.

“Foi uma vitória muito significativa para nós, por ser um adversário muito forte, por continuarmos fortes na briga pela vaga na final, mas principalmente pelo fato do time ter conseguido reagir diante de uma situação adversa na série. E, sem dúvidas, a nossa torcida foi um fator fundamental para isso. Mas ainda tem muita coisa pela frente e temos que trabalhar bastante”, afirmou o técnico Léo Costa.

Foto: Matheus Cordeiro

Mais lidas do mês