Mídias Sociais

Esporte

Flamengo decide seu futuro na Libertadores nesta quarta-feira diante do Peñarol

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

Todo o planejamento, a contratação de reforços de peso, o planejamento do segundo semestre e até mesmo a continuidade de Abel Braga. Todos esses fatores envolvem a partida desta quarta-feira (8) entre Peñarol e Flamengo pela Copa Libertadores da América. As duas equipes se enfrentam às 21h30, no Uruguai, em duelo que irá definir o futuro de ambos os times na principal competição da América do Sul.

A partida tem toda uma atmosfera de decisão já que ambas as equipes chegam para o confronto com o mesmo objetivo. Aos uruguaios só interesse a vitória, enquanto que o Rubro-Negro precisa ao menos de um empate para se garantir nas oitavas de final. Tido como um dos principais destaques do Flamengo, o meia Arrascaeta conversou com os jornalistas as vésperas do jogo e revelou o que espera do adversário.

“Eu acho que o time do Peñarol vai focar na Libertadores. É o jogo da classificação tanto para eles, quanto para nós. Nós viemos para isso. Queremos salvar nossa vaga e sair com a vitória daqui. Eu, como uruguaio, sei da vontade e disposição que eles vão para o jogo. Vão vibrar muito. Temos que entrar ligados. Estamos trabalhando para isso. Temos que entrar ligados, vão vibrar muito durante o jogo”, afirmou Arrascaeta.

A Libertadores é o principal objetivo do Flamengo na temporada. Uma eliminação precoce ainda na primeira fase seria considerada uma grande tragédia, dado o investimento de 100 milhões de reais em reforços. A expectativa que já era grande ficou enorme após as chegadas de Arrascaeta, Gabigol e Bruno Henrique.

Grande parte desse pressão por um sucesso na Libertadores cai sobre os ombros de Abel. O treinador vem tendo o seu trabalho bastante questionado no clube, principalmente após as derrotas para o próprio Peñarol e para a LDU. Uma desclassificação muito provavelmente daria fim a passagem do treinador pelo Rubro-Negro. Arrascaeta também falou sobre o assunto.

“Todos confiam no trabalho do treinador. Até agora, conseguimos todos nossos objetivos. Ganhamos o Carioca, estamos em primeiro no nosso grupo da Libertadores. Tivemos uma derrota importante, mas todos estão conscientes de que precisamos fazer um grande jogo amanhã para passar de fase”, encerrou Arrascaeta.

Foto: Alexandre Vidal

 


 

Mais lidas do mês