Mídias Sociais

Esporte

Em situações completamente diferentes na tabela, 4 grandes do Rio se preparam para voltar a campo nesta semana pelo Brasileiro

Avatar

Publicado

em

 

A semana começa com os 4 grandes do Rio em situação bastante diversa na tabela de classificação do Brasileirão. E nem dá tempo de respirar, já que os times voltam a campo nestas quarta e quinta-feira, 9 e 10.

O primeiro a entrar em campo pela 24ª rodada será justamente o Botafogo, que demitiu o treinador Eduardo Barroca depois da derrota por 1 a 0 para o Fluminense, no Nilton Santos, a 4ª derrota seguida no time de General Severiano.

Como Barroca já vinha desagradando a diretoria desde a derrota para o Fortaleza, na última segunda-feira, 30 de setembro, já foram especulados nos corredores do clube os nomes de Jair Ventura, que está em viagem pela Europa; de Enderson Moreira, demitido do Ceará no último dia 1 de outubro; e de Alberto Valentim, treinador do Avaí; além de uma possível efetivação do assistente técnico Bruno Lazaroni.

Com 27 pontos, na 12ª colocação, o Botafogo encara o Goiás nesta quarta-feira, às 19h15, novamente em seu estádio. Já o Tricolor das Laranjeiras volta a campo um pouco mais tarde, às 21h30, na mesma quarta, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

A vitória sobre o Alvinegro foi a primeira do agora efetivado técnico Marcão, que terá mais um grande desafio em Belo Horizonte, já que, atualmente, cariocas e mineiros tentam fugir da zona do rebaixamento.

Com o triunfo diante do Fogão, o Flu chegou à 15ª posição, com 25 pontos, 5 a mais que o Cruzeiro, que ocupa a 18ª e antepenúltima posição. O Vasco, que, no sábado, perdeu por 1 a 0 para o Santos, em São Januário, só volta a jogar na quinta-feira, às 19h15, contra o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.

Com os mesmos 27 pontos do Botafogo, o Cruz-Maltino está na 13ª colocação, atrás do rival alvinegro porque tem uma vitória a menos: são 7 do time da Colina e 8 dos alvinegros. Apesar dos 5 pontos de distância para o CSA, 17º e primeiro time na zona de rebaixamento, o Vasco precisa vencer para se afastar do fantasma de uma nova queda para a Série B.

Se Vasco, Flu e Botafogo lutam contra o rebaixamento, na parte de baixo da tabela de classificação do Brasileiro, o Flamengo segue na liderança da competição depois de bater a Chapecoense Na Arena Condá, em Chapecó, por 1 a 0.

Mesmo sem Gabigol, Filipe Luís e Arrascaeta, os rubro-negros controlaram o jogo e botaram duas bolas na trave, e agora, também sem Rodrigo Caio, encara o Atlético Mineiro nesta quinta-feira, às 20h, no Maracanã.

Enquanto o meia uruguaio e o lateral-esquerdo estão em fisioterapia para se recuperar de lesões, o zagueiro e o artilheiro do Brasileiro, com 18 gols, estarão a serviço da seleção de Tite, em amistosos em Cingapura, contra Senegal e Nigéria.

No duelo contra os mineiros, o Flamengo defende a liderança da competição e a invencibilidade diante de sua torcida. Com 52 pontos, o Rubro-Negro, em caso de nova vitória, pode ampliar a vantagem para o Palmeiras, 2º colocado, com 47 pontos, e que também nesta quarta enfrenta o Santos, 3º com 44 pontos, às 21h30, na Vila Belmiro.

Mais lidas da semana