Mídias Sociais

Esporte

Eliminação no Carioca pode modificar todo o planejamento do Flamengo para a temporada

Sérgio Barcellos

Publicado

em

A surpreendente eliminação do Flamengo no Campeonato Carioca pode trazer sérias consequências ao Rubro-Negro para o restante da temporada. A derrota para o Botafogo é vista internamente no clube como um vexame, principalmente se levarmos em conta a disparidade entre os elencos e o investimento no futebol.

A derrota diante do Botafogo expôs o trabalho do técnico Carpegiani perante a torcida e imprensa. O título da Taça Guanabara camuflou a falta de organização do time. No entanto, o sinal de alerta foi ligado após o empate com o River Plate, na estreia da Libertadores. E de lá para cá, o Flamengo viu o nível de seu futebol cair sequencialmente, semana após semana.

Pressionado, Carpegiani buscou alternativas e mudou o time para a semifinal do Carioca. Errou ao apostar em jogadores que vinham sendo contestados e com atuações abaixo da média. Um exemplo é o volante Willian Arão. Bastante criticado no empate contra o River, o atleta voltou a ter uma oportunidade em outro jogo decisivo e não conseguiu corresponder as expectativas. Muito pelo contrário. A falta de organização ficou evidente. E a culpa por culpados voltou a tona.

Fora do Carioca, o Flamengo pode ter todo o seu planejamento para a temporada alterado. Ainda não se sabe se Carpegiani resistirá a eliminação e continuará no cargo. O vexame respinga também na direção do clube. O vice de futebol do Rubro-Negro, Ricardo Lomba teceu duras críticas após a derrota e prometeu mudanças. Uma dessas mudanças pode ser a saída do treinador. Especula-se também que o diretor de futebol, Rodrigo Caetano, seja demitido do cargo. Caso os afastamentos se concretizem, o Flamengo terá todo o seu planejamento modificado, tendo que reconstruir boa parte do departamento de futebol para a sequência da temporada.

Foto: Gilvan de Souza 

Mais lidas do mês