Mídias Sociais

Esporte

Botafogo é acionado novamente na Justiça do Trabalho

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Botafogo recebeu nesta semana a notícia de que foi novamente acionado na Justiça. Após Joel Carli e Leandrinho, dessa vez foi Alan Santos quem entrou com uma ação contra o clube. Ele cobra R$ 1.267.875,00 do Alvinegro. O processo corre na 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro. A equipe carioca tem até 15 para se manifestar sobre o caso.

Alan Santos defendeu o Botafogo na temporada passada. Na ocasião, ele esteve em ação pelo Alvinegro por um total de 11 partidas. Como não tinha muito espaço no time, acabou optando por dar continuidade a carreira longe do Alvinegro. Atualmente, o jogador está vestindo a camisa da Chapecoense.

Ações na Justiça como a de Alan Santos se tornaram frequentes nos últimos meses. No início de julho, o meia Leandrinho seguiu o mesmo caminho e entrou com um processo na Justiça do Trabalho para conseguir a rescisão contratual. Ele alegou atrasos salariais referentes aos meses de novembro e dezembro de 2019 e parte de março, abril, maio e junho de 2020. O jogador cobrou também 13º e férias do ano passado.

Joel Carli foi outro caso. Sem acordo desde que foi dispensado em junho, o zagueiro também recorreu à Justiça para cobrar salários atrasados e o pagamento referente a uma extensão de contrato que não foi cumprida pelos dirigentes alvinegros.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana