Mídias Sociais

Esporte

Botafogo de Chamusca está preparado para o clássico desta quarta

Sérgio Barcellos

Publicado

em

 

O Botafogo cresceu de produção desde a chegada de Marcelo Chamusca. Na rodada passada, o treinador teve seu primeiro grande teste contra um dos gigantes do futebol Carioca e quase saiu de campo com uma estreia perfeita em clássicos. O Alvinegro esteve muito perto de vencer o Vasco em São Januário, mas acabou cedendo o empate nos minutos finais da partida.

O desempenho no clássico agradou e agora o Botafogo sonha em surpreender outro adversário, o Flamengo. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira (24), às 21h30, no Engenhão.

"O empate no fim contra o Vasco deixou a gente frustrado, porque nosso sentimento é pelo tanto que a gente produziu no segundo tempo. Tivemos muitas chances de matar o jogo, ficamos com o sentimento de frustração porque tivemos ambição e jogamos para vencer. Mas estou satisfeito que os jogadores seguiram o plano de jogo. A gente pode ficar chateado e remoer até o próximo dia de manhã. À tarde já estávamos estudando e pensando no Flamengo e em recuperarmos a confiança para o duelo desta quarta-feira", disse Chamusca.

O treinador também exaltou a importância do Estadual, que servirá como uma importante ferramenta de preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.

"Carioca é importante pra nós e queremos estar entre os quatro no final da primeira fase. Temos que ser coerentes e ter tranquilidade para analisar jogo a jogo, estamos construindo um time. Foi a primeira semana cheia de treinos que eu tive e, a partir de semana que vem, não terei mais isso. Vai ser jogar, recuperar e jogar. Sempre jogamos com ambição pelos três pontos até aqui. Todos os jogos servem como construção para a Série B, oportunidade que temos para melhorar e criar um vestiário com espírito vencedor. Temos que melhorar na questão da associação performance e resultado. Vamos iniciar a Série B mais conectados, com mecânica estruturada e confiança em condição melhor para buscar o acesso à Série A. A gente vive um jogo de cada vez.

Foto: Vitor Silva

Mais lidas da semana