Mídias Sociais

Esporte

Após exigência da CBF, partida entre Macaé e Bragantino será realizada em Bacaxá

Publicado

em

 

Uma reviravolta pegou a todos de surpresa no Macaé. Por conta de uma determinação da CBF, o Alvianil Praiano se viu obrigado a modificar mais uma vez o local da partida do próximo sábado, dia 20, diante do Bragantino, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. A bola da vez agora é o Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá.

O Macaé chegou a anunciar na última terça-feira mandaria a partida contra o Bragantino no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira. Mas uma determinação da CBF mudou todos os planos. A entidade máxima do futebol brasileiro vetou a escolha, alegando que o clube não conseguiu reunir todos os laudos de engenharia necessários para a realização da partida.

Diante do impasse, o Macaé se viu obrigado a mudar o local da partida. O clube rapidamente se mobilizou nos bastidores e chegou ao acordo com o Elcyr Resende. “Nós reportamos a FERJ e cumprimos todas as exigências solicitadas. Na segunda recebemos a autorização para realizar a partida em Cardoso Moreira. Seria uma enorme festa. É uma pena. Mas tudo bem. O Renato Jacinto, presidente do Cardoso Moreira FC e vice-prefeito da cidade não merecia isso. Ele foi informado da necessidade desse outro lado uma hora antes do prazo final. Tenho certeza que vai providenciar esse laudo e, na frente, o Mirinho já garantiu que o Macaé vai mandar um jogo lá”, explicou o gerente de futebol do Leão, Guilheme Kroll, que ainda complementou: “Nada diminui nosso astral. Vamos a Bacaxá derrotar o Bragantino. As dificuldades são muitas, mas a motivação é ainda maior”, afirmou Kroll.

Essa não será a 1ª vez que o Macaé mandará uma partida em Bacaxá na temporada. Pelo Carioca deste ano, o Alvianil Praiano recebeu o Resende no local e acabou derrotado por 2 a 1, no dia 23 de março. Sem contar com o Moacyrzão desde o início do ano (o estado ainda carece de laudos técnicos), o Leão já mandou jogos no Eduardo Guinle, em Nova Friburgo, e também em Los Larios, em Xerém.

Sérgio Barcellos

Foto: divulgação

Mais lidas da semana