Mídias Sociais

Destaque

Witzel anuncia o fim da TurisRio por considerá-la engessada

Avatar

Publicado

em

 

Mudanças foram anunciadas já que a visita esteve ligada diretamente ao turismo

 

 

 

 

O governador Wilson Witzel durante visita em Cabo Frio anunciou a extinção da Companhia de Turismo do Estado do Rio (TurisRio) por considerá-la “engessada e antiga”. O anúncio foi feito durante encontro com turistas, empresários da área de turismo e os prefeitos da região. Sobre data de encerramento das atividades da companhia ele ainda não definiu.

 

Em reunião com os empresários de turismo da região e do Cabo Frio Convention Bureau, Witzel ouviu diversas reivindicações como um novo batalhão da Polícia Militar para desafogar o 25º BPM, de Cabo Frio, que atende a sete municípios; uma nova estrada, de 2,5 quilômetros, para ligar o aeroporto de Cabo Frio à região do Peró e a Búzios; uma nova delegacia para o distrito de Tamoios, em Cabo Frio; e, melhorias na conservação e redução de redutores de velocidade na rodovia estadual RJ-106, que liga a Região Metropolitana à Região dos Lagos, até Macaé.

 

Ainda da RJ 106, os empresários solicitaram a duplicação da rodovia entre São Pedro da Aldeia até Macaé, já que as duas pistas atuais não atendem a demanda e fluxo de veículos. O trecho apresenta problemas de retenção e sempre há registro de acidentes com vítimas fatais. mais segurança nas rodovias federais Niterói-Manilha e BR-493 (Magé-Manilha), onde estão ocorrendo arrastões; apoio na divulgação dos municípios em outros estados e no exterior; posto receptivo no Aeroporto do Galeão. Um grupo de empresários defende a extensão da concessão da Via Lagos até Arraial do Cabo e Búzios e o Plano de Manejo do Parque da Costa do Sol.

 

“Sou uma pessoa de desafios e não vou decepcioná-los. Recebemos o estado com um déficit orçamentário de R$ 8 bilhões. O ano de 2019 será difícil, mas as coisas vão clarear em 2020. O turismo é fundamental para aumentar o PIB do Rio. Por isso estamos aqui e vamos dar todo o incentivo necessário ao setor – disse o governador sem, contudo, anunciar ações concretas para a Região dos Lagos.

 

Tânia Garabini

Mais lidas do mês